O 2.600º C-130 Hercules decola das instalações da Lockheed Martin em Marietta, Geórgia, no dia 22 de outubro, a caminho da Base da Força Aérea de Cannon, Novo México. (Foto: Lockheed Martin)

A Lockheed Martin entregou o 2.600º avião de transporte C-130 Hercules, ao Comando de Operações Especiais da Força Aérea dos EUA, no dia 21 de outubro.

Este marco de entrega do Hercules é para um avião de operações especiais MC-130J Commando II atribuído ao 9º Esquadrão de Operações Especiais na Base da Força Aérea de Cannon, Novo México.

Uma equipe da Força Aérea dos EUA levou seu novo MC-130J para sua casa no dia 22 de outubro, voando neste Hercules do local de fabricação da Lockheed Martin em Marietta, na Geórgia, onde todos os C-130 de produção foram construídos.

O C-130J Super Hercules é o atual modelo de produção do C-130 e a frota global ultrapassou recentemente 2 milhões de horas de voo. Vinte países ao redor do mundo escolheram o C-130J para atender às necessidades de transporte aéreo tático.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Um patamar invejável para qualquer fabricante, um modelo que certamente terá exemplares voando por muito mais de um século desde sua entrada em serviço. E esse senhor, ou melhor dizendo, senhora aeronave, esbanja vitalidade. Certamente vai longe ainda. Um projeto bem acertado no seu tempo. Décadas virão e muito ouviremos seu ‘ronco’ inconfundível de quadrimotor.

Comments are closed.