Caça F-16AM “FA-128” do Componente Aéreo Belga ficou totalmente destruído após incêndio que iniciou em um procedimento de manutenção no solo. (Foto: Tony Delvita)

Um caça F-16AM do Componente Aéreo Belga ficou completamente destruído na tarde desta quinta-feira devido à uma explosão durante um procedimento de manutenção no solo da base aérea de Florennes, na Bélgica. O incêndio iniciou momentos após o pouso do avião, quando estava na rampa principal da base aérea.

De acordo com o site Sudinfo, dois técnicos ficaram feridos em consequência da explosão na base aérea de Florennes, e foram tratados no local. Eles sofreram problemas de audição, mas não queimaduras. Os caças pertenciam a 2ª Ala de Caça.

O incêndio ocorreu às 14h10, hora local, (12h10 GMT), e danificou o caça F-16AM “FA-128” que teve perda total, informou o serviço de imprensa militar em um comunicado. Uma segunda aeronave sofreu “danos menores”, acrescentaram fontes militares, sem especificar a extensão do dano.

A Diretoria de Segurança da Aviação da Bélgica iniciou uma investigação sobre a explosão.

Atualmente a Bélgica possui 27 jatos F-16AMs e 7 F-16BMs operacionais.

7 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem que os militares estão bem. Que visão ver o F-16 queimando. Milhões de dólares incinerados.

  2. Deve ser sputinice. Aeronaves fabricadas no Grande Irmão do Norte nunca dão defeito e nem necessitam de manutenção. Só cópias xing ling e sucatas soviéticas precisam disso.

    • Deve ser o histórico de combate: 79 aeronaves abatidas contra apenas 1 perdida contra outro F16. Nenhum caça abateu um F16 em 40 anos de serviço.

  3. Só está tostadinho, pronto para consumo, com os cumprimentos do chef Le Gabirou A…

  4. esses aviões belgas estão mostrando o efeito dos anos, por mais que o projeto do F-16 seja de excelência incontestável.

  5. velhice da frota de F-16 causou isso que a real força aérea tem padrão alto de manutenção. o Governo de lá não entrou no programa do F-35 e abriu licitação e o L. Martin ofereceu o mesmo jundo com Thyphoons usados, Rafale, Gripen e o F-16 renovado.

Comments are closed.