WC-135 Constant Phoenix. (Foto: USAF – Imagem ilustrativa e não representa o ocorrido)

Dois caças Su-30 chineses interceptaram um avião WC-135 ‘Constant Phoenix’ dos EUA sobre o Mar da China Oriental na quarta-feira, de acordo com as Forças Aéreas do Pacífico dos EUA.

A tripulação dos EUA a bordo da WC-135 da Força Aérea dos EUA (USAF) caracterizou o movimento como “não-profissional“, de acordo com a declaração do tenente-coronel Hodge.

Enquanto ainda estamos investigando o incidente, os relatórios iniciais da tripulação dos EUA caracterizaram a intercepção como pouco profissional. A questão está sendo tratada com a China por meio de canais diplomáticos e militares apropriados“, disse Hodge.

Um oficial dos EUA disse que os jatos chineses estavam a 45 metros do avião dos EUA, com um dos Su-30 voando invertido, ou de cabeça para baixo, diretamente acima do avião americano.

O WC-135 procura elementos distintivos que um teste nuclear de qualquer tipo iria emitir para o ar. As amostras coletadas podem ser analisadas para determinar exatamente o que ocorreu.

O WC-135 esteve sendo regularmente destacado em missões de rotina no nordeste da Ásia, de acordo com o oficial americano. Os aviões foram usados no passado para reunir provas de possíveis testes nucleares pela Coréia do Norte.


FONTE: CNN

13 COMENTÁRIOS

Comments are closed.