Caças F-16IQ foram usados nos ataques contra grupos terroristas na Síria.

A Força Aérea iraquiana realizou um ataque aéreo com seus caças F-16IQ perto de Hajin, na Síria, contra os terroristas do Daesh operando perto da fronteira Iraque-Síria no dia 19 de abril. O ataque foi aprovado pelo primeiro-ministro iraquiano e comandante-em-chefe das Forças Armadas Dr. Haider Al Abadi.

O ataque demonstra o compromisso do Iraque de destruir os redutos remanescentes do Daesh que continuam a ameaçar seus cidadãos. A operação foi planejada e executada pelo Comando de Operações Conjuntas do Iraque, com apoio de inteligência da Coalizão.

O gabinete do primeiro-ministro Haider al-Abadi anunciou em uma declaração na quinta-feira que as posições do Daesh na Síria foram atacadas pelo lado iraquiano da fronteira.

“Esta operação destaca as capacidades das forças armadas do Iraque para perseguir agressivamente o Daesh e manter a segurança interna de seu país”, disse o Brig. Gen. Robert B. Sofge, vice-comandante geral de operações da Força Tarefa Conjunta Combinada – da Operação Inherent Resolve.

A missão da Força-Tarefa Combinada Conjunta – Operação Inherent Resolve é derrotar o Daesh em áreas designadas no Iraque e na Síria, e estabelece condições para operações subsequentes para aumentar a estabilidade regional.

Damasco e Bagdá declararam a Síria e o Iraque totalmente livres do Daesh no final do ano passado e desde então têm estado envolvidos em operações de esclarecimento contra os remanescentes do grupo extremista.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Cada vez mais o isis esta perdendo sua força logo logo vai ser apenas um grupinho igual o al shabab.

  2. Quem viu a Força Aérea Iraquiana e vê agora. Mesma coisa os Afegãos com o ST. Ninguém perde por se alinhar com os EUA. Faltou o Brasil ter visto isso a décadas.

Comments are closed.