O DIGAR (Digital GPS Anti-Jam Receiver) da Rockwell Collins oferece para aeronaves de combate níveis de proteção incomparáveis, necessários para uma navegação confiável em ambientes disputados. (Foto: Rockwell Collins)

A Rockwell Collins foi selecionada pelo Centro de Gerenciamento de Ciclo de Vida da Força Aérea dos EUA (USAF AFLCMC) para fornecer seu receptor digital anti-jam por GPS de última geração (DIGAR) para os F-16s em serviço com os EUA.

Com níveis insuperáveis ??de proteção contra ameaças de GPS, os receptores DIGAR trarão navegação altamente confiável para a Guarda Aérea dos EUA e para as aeronaves F-16 da Força Aérea dos Estados Unidos que operam em ambientes eletromagnéticos contestados. Este será o primeiro caça de combate a ser instalado com a última versão do receptor.

“Como inimigos continuam a encontrar novas maneiras de afetar a capacidade de navegar, o DIGAR mais recente fornecerá o mais alto nível de proteção disponível para que nossos caças possam executar missões com precisão e exatidão”, disse Troy Brunk, vice-presidente e gerente geral de Comunicação. Navegação e soluções de guerra eletrônica para a Rockwell Collins.

A integração do DIGAR não exige mudanças nos programas de voo operacional existentes ou no kit de fiação da aeronave, diminuindo o risco e o custo envolvido na atualização. Construído sobre uma arquitetura de sistemas abertos, o DIGAR é projetado para uso em uma variedade de plataformas de aeronaves que incluem helicópteros, caças, bombardeiros, aeronaves de transporte e sistemas aéreos não tripulados pequenos e grandes.

Nos últimos 10 anos, a Rockwell Collins já entregou mais de 100.000 sistemas anti-jam em sistemas de armas, aeronaves e soldados. O DIGAR é uma forma que substitui os sistemas eletrônicos de antena existentes com desempenho comprovado que excede em muito a capacidade legada.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

    • Um projeto espetacular com eficiência em combate prá lá de comprovada, extrema versatilidade e longevidade, mas segundo a "intelligentsia" esquerdopata é tudo invençao de americanófilos malvados que se recusam a reconhecer a excelência superior dos projetos chinos e russos.

      • O histórico de combate com sucesso recente é irrelevante. O importante são as maravilhas trazidas pela propaganda oficial chinesa sem nenhuma fonte independente.

Comments are closed.