O canopy de um caça F-5 da FAB, que se desprendeu em voo e caiu numa área rural em março deste ano, agora atrai a curiosidade de moradores da localidade de Piraí, RJ. (Foto: TV Rio Sul)

Uma peça de avião caiu no quintal de uma casa na zona rural em Piraí, RJ. O local está atraindo a curiosidade dos moradores e virou uma espécie de atração turística. A peça caiu há quatro meses, mas nenhum morador sabia a origem. Eles acreditam que a peça seja a cobertura da cabine do piloto de um avião de caça da FAB.

“Estava fazendo almoço, meu menino estava mexendo com animal, aí na hora que eu ouvi aquele barulhão, saí gritando dentro de casa, não sabia o que que era. Fiquei assustada, por que já pensou se isso cai em cima da casa?”, argumentou a dona de casa Odete Teixeira.

Outros moradores também se assustaram com o barulho. “Eu estava pescando na lagoa ali, ouvi o barulho e saí correndo, não sabia o que que era. Depois a peça do avião ficou jogada no pasto alí e ninguém procurou. A gente pegou e guardou aqui no sítio até aparecer alguém, mas até hoje não apareceu nada”, contou o autônomo Jesus Gonçalves Monteiro.

O lanterneiro Newton César está cuidando da peça, enquanto o dono não aparece. “Ficou passando uns aviões por cima aí, mas não conseguiram encontrar ela, não. Estou tomando conta da peça para ver se aparece o dono dela”, disse.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) confirmou o registro de um caso de perda de canopy, como é chamada a cobertura do cockpit de alguns tipos de aeronaves menores, como dos aviões militares. A peça encontrada na área rural de Piraí se ejetou da cabine traseira de um caça enquanto a aeronave sobrevoava a região de Volta Redonda no dia 20 de março. O Cenipa informou ainda que ninguém se feriu. Os pilotos conseguiram retornar em segurança para base aérea de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, que fará o recolhimento da peça.


Fonte: G1, via NOTIMP

Anúncios

16 COMENTÁRIOS

  1. F5 desmontando em pleno voo , parece que o forevis não é tão eterno assim.

  2. Que fase.

    Ainda bem que o pessoal que achou a peça não pensou que era do espaço. rs.

    • Pois é… não falavam tanto dos chineses, pois é… nossos F-5 assim como os A-4 Argentinos tb soltam pecinhas… kkkk

      Que fase hein FAB… na MB está pior… mas se navio da MB soltar pecinha, provavelmente vai pro fundo do mar…. mas vazamento de óleo deve ter bastante..

  3. Os coitados estão se desmanchando no ar, a que ponto chegamos.

    • Parece que os forevis afinal não são assim tão eternos . Se os Gripens demorarem muito oque sera que pode acontecer ?

      • Não vai acontecer nada! rs
        Os F-5 que tiverem condições de voo ficaram estacionados tentanto voar o mínimo possível. Aliás o bolso da FAB agradece pois assim eles gastam menos dinheiro. (Infelizmente isso é verdade).

        • Afinal ja esperamos até agora, os F-5M ainda vão voar até 2030, pois ainda temos 3 "FM" para receber e temos "EM" pouco voados para manter os F-5M operacionais na próxima década em alguns Esq.

  4. Leiam este caso engraçado de um Ten. que estava fazendo acrobacias com um F-80 em Fortaleza e o canopy foi ejetado.
    Ele estava com a viseira aberta e sem a jugular presa, o vento levou o capacete embora com o microfone e o fone de ouvido.
    O avião teve danos na cauda atingida pelo canopy, mas o Ten. conseguiu pousar e chegou a Maj. Brigadeiro.
    . http://www.abra-pc.com.br/index.php/artigos/estorias/473...

  5. Vixi, soltando pecinhas agora. Acho que quando chegarem os Gripens os F5 não servirão nem pra espetar na frente das bases aéreas.

Comments are closed.