Notícias de aviação militar e civil, com destaque para fotografias e debate sobre assuntos aeronáuticos
TwitterFacebookGooglePinterestYouTubeEmailRSS

VÍDEO: Detalhes do Super Tucano no AirVenture 2012 em Oshkosh

A aeronave Super Tucano da Embraer apresentada no AirVenture 2012.

Durante o AirVenture 2012, realizado essa semana em Oshkosh, a Embraer apresentou pela primeira vez no evento o avião de ataque leve A-29 Super Tucano. O pessoal do site AvWeb entrevistou o Coronel (aposentado) Bill Buckey, que falando em nome da Embraer, passou informações sobre a aeronave exposta. A aeronave Super Tucano compete no programa Apoio Aéreo Leve (LAS – Light Air Support) da Força Aérea dos EUA, e aguarda a decisão da competição que poderá chegar a US$ 1 bilhão. Veja a seguir o vídeo da entrevista, com imagens do painel e detalhes do Super Tucano, que desde 2007 voa nos EUA.

O Super Tucano esteve toda semana em exibição junto ao estande da Embraer. No começo desse mês, a Embraer e a Sierra Nevada chegaram num acordo com a Boeing para permitir que a aeronave possa ser equipada com bombas JDAM guiadas por GPS.

O avião foi projetado para ser forte, e tem a capacidade para resistir a manobras de +7/-3,5 Gs a a célula tem uma vida de 12.000 a 18.000 horas, dependendo do tipo de operação. O Super Tucano é também blindado para proteger o piloto e tem um sistema de alerta de aproximação de mísseis (MAWS) e um receptor de alerta radar (RWR) para alertar o piloto de uma potencial ameaça.

O painel todo no conceito glass possui equipamentos especiais, como um Visor Frontal Infravermelho (FLIR), Display Acima da Cabeça (HUD) com um controle de painel frontal (UFCP) e um GPS/INS integrado com radar altímetro (EGIR).

A concorrência da Embraer estava presente com um avião de treinamento T-6C Texan II, aeronave onde foi baseado o AT-6B que compete com o Super Tucano no LAS. Estamos preparando a matéria completa do evento, com centenas de imagens, que essa sesmana vai ao ar aqui no Cavok, nosso terceiro ano cobrindo o maior evento de aviação do mundo.

EAA AIRVENTURE: Cirrus Vision deve iniciar produção em série em 2015

A Cirrus conseguiu recursos financeiros para tocar o projeto do Vision SF50 até o início da produção. (Foto: Cirrus Aircraft)

Depois de anos de planejamento, concepção, experimentação e voos, o jato executivo Cirrus Vision SF50 segue firme para o início da produção em 2015. Com recursos para o financiamento integral do programa até a certificação agora nas mãos da equipe, a Cirrus está buscando agora dar o empurrão final com o ferramental, recrutamento e certificação de tipo.

Desde o vôo inaugural do V1, o avião Vision de teste, há quatro anos, o desenvolvimento do programa tem sofrido com os altos e baixos da economia mundial. Mas agora, os recursos necessários foram aprovados e os planos para o Vision C-Zero, a primeira aeronave de configuração de produção, estão avançando dentro de um cronograma bem definido:

  • Ferramental da fuselagem do C-Zero definido no final de 2012
  • Conjuntos estruturais: 2013
  • Primeiro vôo do C-Zero: 2014

A Cirrus já está se movendo através da lista de verificações no caminho até o C-Zero. Recentes conquistas tecnológicas incluem: a seleção da sequência de produção experimental e de produção, prototipagem e teste de vedação de pressão da porta e o mecanismo de trava, eo  planejamento dos testes em escala dos páraquedas para Setembro de 2012. As próximas áreas de concentração envolvem o projeto adicional de ferramentas de montagem para a fabricação experimental e continuada modelagem e desenho em CAD.

A notícia foi recebida com entusiasmo na sede mundial da Cirrus Aircraft em Duluth, Minnesota, onde o foco foi para preencher os muitos postos de trabalho necessário abertos para completar a equipe Vision. Funcionários dizem que estão atualmente em cerca de 25 por cento da força de trabalho necessária, com dois a três novos funcionários entrando a cada semana.

“É simplesmente um marco enorme para Cirrus”, disse Dale Klapmeier, CEO e Co-fundador da Cirrus Aircraft. “Nós revolucionamos a aviação geral com a introdução do SR20 há pouco mais de uma década atrás. Com mais de 5.200 aviões da sére SR entregues até esta data, os pilotos, empresários, famílias e aviadores de todos os tipos têm abraçado o nosso sonho. Hoje, esse sonho se renova enquanto estamos na iminência de um salto ainda maior com o Cirrus Vision. Os clientes, funcionários e parceiros ao redor do mundo da Cirrus estão justamente orgulhosos deste momento.”

O Vision cria uma nova categoria na aviação geral – é a primeira aeronave deste tipo a preencher a lacuna entre aviões a pistão de alta performance e turboélices bimotores e tradicionais jatos executivos leves. O Vision vai oferecer a mesma inovação, tecnologia e características e estilo conhecido na Cirrus nas suas famílias best-sellers de aeronaves monomotoras a pistão SR20, SR22 e SR22T.

Com capacidade para cinco adultos e duas crianças numa ampla cabine, definindo um novo padrão de luxo e flexibilidade tanto para pilotos como passageiros, o Vision é projetado para a acessibilidade, desempenho e segurança. Com mais de 500 posições de produção reservadas, o preço lista para um Vision bem equipado é de US$ 1,96 milhões em 1° de julho de 2012.

EAA AIRVENTURE: Eclipse entrega jato “Hero’s Total Eclipse” para o Comando de Transporte Aéreo dos Veteranos

A Eclipse Aerospace entregou o jato “Hero’s Total Eclipse” para o Veteran’s Airlift Command. (Foto: Eclipse Aerospace)

No ano passado, na Convenção AOPA em Hartford, Connecticut, a Eclipse Aerospace orgulhosamente anunciou a doação de um Eclipse Jet para o Comando de Transporte Aéreo dos Veteranos (VAC). Um doador anônimo, profundamente tocado pela abnegação compassiva e inigualável dos proprietários de aeronaves e pilotos voluntários que doam seu tempo e aviões para transportar os nossos soldados feridos e suas famílias para instalações em todo o país, doou a aeronave.

A Eclipse Aerospace, em conjunto com a doação, anunciou seu compromisso de contribuir com mais de 500.000 dólares para converter esta aeronave num dos aviões Total Eclipse mais sofisticados já produzido pela EAI.

O jato Eclipse foi adquirido por um doador anônimo e depois repassado ao comando dos veteranos, mas antes passou por uma preparação pela Eclipse Aerospace. (Foto: Eclipse Aerospace)

No dia 26 de julho de 2012, no EAA Airventure em Oshkosh, WI, a Eclipse Aerospace apresentou ao Comando de Transporte Aéreo do Veteranos o “Hero’s Total Eclipse”. A aeronave será apresentada ao General Richard B. Myers, aposentado, Vice-Presidente Honorário do Conselho Consultivo Nacional do Comando de Transporte Aéreo de Veteranos. O General Myers se aposentou como 15° presidente do Joint Chiefs of Staff no dia 1° de outubro de 2005, onde atuou como o principal conselheiro militar do Presidente, do Secretário da Defesa e do Conselho de Segurança Nacional. “Cuidar dos nossos soldados feridos é uma prioridade deste país e agora com o próprio ‘Hero’s Total Eclipse’ do VAC, os nossos soldados feridos poderão viajar com suas famílias em conforto para receber os cuidados que precisam”, disse o general Myers.

A Eclipse Aerospace está extremamente orgulhosa de sua contribuição para o Comando de Transporte Aéreo dos Veteranos. “O VAC é uma das maiores organizações que ouvimos no que diz respeito a apoiar as nossas tropas que regressam”, afirmou Mason Holland, presidente e CEO da Eclipse Aerospace.

“Neste momento em que nosso País tem pedido para as nossas tropas a fazer os sacrifícios para que eles deem para nós liberdade e segurança, foi fácil para a Eclipse Aerospace fazer a sua parte para eles enquanto eles retornam para casa”, continuou Holland. “É um privilégio e uma honra dar as nossas tropas e suas famílias uma força.”

EAA AIRVENTURE: Novo HUD para aeronaves leves e experimentais

O HUD G-HULP desenvolvido para aeronaves leves e experimentais, e apresentado em Oshkosh. (Foto: PAT Avionics)

A empresa PAT Avionics, com sede na Itália, desenvolveu um HUD (Head-Up Display) chamado de G-HULP heads-up ou display HUD focado em aviões leves e experimentais, e apresentou a novidade durante o EAA AirVenture em Oshkosh.

A unidade permite que os pilotos possam controlar facilmente as informações de suas aeronaves – como dados de altitude, velocidade e curso, projetadas numa tela de vidro transparente na frente de seus olhos.

O HUD G-HULP da PAT Avionics é leve, pequeno e pode ser facilmente instalado em qualquer aeronave de pequeno porte, facilitando a visualização das informações básicas de voo. (Foto: PAT Avionics)

“A tecnologia HUD foi originalmente desenvolvida pelos militares, porque eles perceberam que era um caminho mais seguro para os pilotos voarem e ao mesmo tempo tomar as decisões em segundos”, disse Marco Mille, Diretor de Tecnologia para a PAT Avionics. “Depois de três anos de pesquisa e desenvolvimento, agora essa mesma tecnologia está finalmente disponível para tornar a pilotagem de aeronaves experimentais e desportivas leves mais segura.”

O sistema de projetor laser HUD G-HULP HUD é projetado para aviões experimentais, aeronave desportivas leve e planadores. Ele vem em duas versões: o G-HULP Stand Alone e G-HULP para Dynon SkyView.

“É acessível, leve, eficiente no consumo de energia e é muito fácil de usar”, disse Mille. “Além disso, é totalmente personalizável para atender às necessidades de qualquer nível de piloto – do iniciante ao aviador muito hábil.”

EAA AIRVENTURE: Embraer expõe Phenoms e Super Tucano em Oshkosh

A aeronave Super Tucano da Embraer exposta em Oshkosh.

A Embraer participa da 60ª EAA AirVenture, feira anual organizada pela Experimental Aircraft Association (EAA) em Oshkosh, Wisconsin, EUA. Estão em exposição, entre os dias 23 e 29 de julho, os jatos executivos Phenom 100 e Phenom 300. O destaque fica pela aeronave de ataque leve A-29 Super Tucano que fará sua estreia no evento.

A Embraer realizará um café da manhã com a imprensa na quarta-feira, dia 25, às 7h45, no estande 347 (Phillips 66 Plaza). O Presidente da Embraer – Aviação Executiva, Ernest Edwards, e o Presidente da Embraer na América do Norte, Gary Spulak, estarão presentes e disponíveis para entrevistas.

“O evento anual AirVenture da EAA é uma grande oportunidade para fazer contatos com nossos clientes. Nos últimos anos, contribuiu de forma significativa para nosso sucesso com os jatos executivos Phenom 100 e Phenom 300, que atendem às necessidades de uma ampla variedade de operadores, entre eles departamentos de voos corporativos, operadores individuais, empresas de propriedade compartilhada, universidades e escolas de aviação”, disse Bob Knebel, Diretor de Vendas para a América do Norte da Embraer – Aviação Executiva. “Estamos entusiasmados de ter nossas aeronaves executivas ao lado de outro produto de grande sucesso da Embraer, o Super Tucano.”

“O Super Tucano é uma plataforma de combate versátil e comprovada, reconhecida como a melhor aeronave para missões de contrainsurgência hoje em operação”, disse Gary Spulak. “Sua presença em Oshkosh representa uma grande oportunidade para que os visitantes examinem mais de perto a aeronave e suas capacidades como aeronave de apoio aéreo”.

EAA AIRVENTURE: Van’s Aircraft apresenta o novo RV-14

O novo avião acrobático RV-14 da Van’s Aircraft, apresentado no EAA AirVenture 2012.

A Van’s Aircrfat trouxe uma surpresa ao AirVenture em Oshkosh, o totalmente novo RV-14 que foi colocado junto ao estande da empresa no evento. O RV-14 é uma aeronave acrobática em kit de dois lugares lado-a-lado, semelhante ao RV-7, mas com uma cabine mais espaçosa e mais espaço de bagagem. A aeronave foi apresentada no primeiro dia do evento, dedicado a comemorar os 40 anos das aeronaves RVs, com uma desfile de todos modelos já produzidos pela Van’s Aircraft, incluindo o original RV-1 que foi doado ao Museu da EAA. Veja a seguir um vídeo do novo avião em voo.

A capota da cabine no formato de bolha proporciona uma grande visibilidade, e tem mais espaço para pilotos mais altos. A asa do RV-14 também é maior que a do RV-10, permitindo que o novo avião possa pousar mais lento que um RV-7 que voa na mesma velocidade cruzeiro.

“Você também pode pensar no RV-14 como uma versão de dois lugares do RV-10 de quatro assentos,” disse Ken Krueger, engenheiro chefe da Van’s. Segundo a Van’s, o RV-14 realizou seu primeiro voo em abril desse ano. Desde então vem passando por melhorias e desenvolvimento.

Krueger disse também que os construtores encontrarão novos refinamentos no kit, que tornam ele mais fácil de ser montado. “O canopi plástico é pré-cortado e a moldura do canopi agora é uma chapa de metal, por isso é mais fácil de ser encaixada”, disse ele. “Existe muito mais trabalho de integração do sistema, tal como passar os cabos e fios, como do sistema de combustível e das linhas de freio. Todas essas mudanças visam torná-lo mais fácil para o construtor, mas ainda sendo flexível.”

A motorização apresentada para o avião RV-14 é um Lycoming IO-390 de quatro cilindros de 210 cavalos de potência, ligado a uma hélice Hartzell de duas pás de velocidade constante. O sistema de escape 4-em-1 torna o motor do RV-14 mais silencioso do que os outros aviões em kit da Van’s, especialmente no cockpit.

Graças ao motor e melhorias aerodinâmicas, o RV-14 com peso máximo bruto de 2.050 libras poderá voar a 193 mph e decolar em 630 metros. O peso vazio é de 1.240 libras, e a velocidade de estol de 56 mph. Com pesos mais leves, o RV-14 pode decolar em apenas 500 metros. A razão máxima de subida é de 1.800 pés por minuto, e a 55% da potência possui um alcance máximo de 938 milhas. Com tanque de combustível cheio de 50 galões, o RV 14 pode transportar até 510 libras de pessoas e cargas.

A Van’s Aircraft espera iniciar a venda dos kits das asas do RV-14 em Setembro, por um preço de cerca de US$ 9.000. Os kits de cauda serão oferecidos na sequência, seguido pelo restante do avião. O preço para um RV-14 pronto deve ficar entre o preço de um RV-9 de dois lugares e o do RV-10 de quatro lugares.