A aeronave deve realizar seu primeiro voo em setembro. (Foto: UAC – Imagem ilustrativa)

A Tupolev vai realizar a cerimônia de apresentação do bombardeio de longo alcance Tu-22M3M atualizado em Kazan em 16 de agosto, anunciou na terça-feira a assessoria de imprensa da empresa.

A cerimônia de apresentação do bombardeiro estratégico modernizado será realizada no território da Kazan Aviation Enterprise. O bombardeiro deverá realizar seu primeiro voo em setembro, disse o CEO da Tupolev, Alexander Konyukhov, ao TASS na terça-feira.

Em setembro, o avião realizará seu primeiro voo como parte dos testes de fábrica, após o que entrará em testes conjuntos governamentais que durarão vários meses“, disse Konyukhov.

O Tu-22M3M é uma versão modernizada do Tu-22M3 com asas de geometria variável. Durante sua modernização, o bombardeiro receberá novos aviônicos e a possibilidade de usar novos mísseis.


FONTE: TASS

12 COMENTÁRIOS

  1. Boas plataformas merecem modernizações, os Boeing KC-135R block 45 estão no terceiro motor e terceiro cockpit.
    Primeiro usaram os motores Pratt & Whitney J57 na versão "A", depois receberam os Pratt & Whitney TF-33-PW-102 na versão "E" comprados usados dos B707 que se aposentavam, depois receberam os motores CFM-56, todos os KC-135 atuais são velhos "A" modernizados, eram mais de 700 na guerra fria.
    OBS; Alguns "R" foram convertidos de "A" diretamente a "R", sem passar por "E".
    .
    Cockpit KC-135A http://www.boeingimages.com/Docs/BOE/Media/TR3_WATERMARK...
    .
    Cockpit KC-135R antigo: https://www.airforce-technology.com/wp-content/up
    .
    Cockpit atual KC-135R block 45: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/th

  2. Uma bela aeronave! Um vovozão com cara de jovem. Traz muita alegria ver essas relíquias da era da guerra fria sendo rejuvenescidas! Pode parecer saudosismo mas não dá para negar que os idos tempos e de muita tensão das décadas de 50, 60 e 70 nos proporcionaram um verdadeiro show da engenharia aeronáutica. E esta é uma das muitas que ainda nos fazem vibrar e sentir um certo ar de tensão.