O RX1E fez da China o terceiro país no mundo a voar um avião movido por hidrogênio. (Foto: Getty Images)

A China tornou-se a terceira nação do mundo a testar com sucesso um avião movido por hidrogênio, anunciou o ministério da ciência e tecnologia do país.

Durante o teste em Shenyang, província de Liaoning, a aeronave, baseada no avião elétrico Ruixiang RX1E, atingiu uma altura de 320 metros e emitiu poluição zero, informou o Science and Technology Daily, o jornal oficial do ministério. A aeronave fez da China o terceiro país a testar com sucesso um avião movido a células de combustível de hidrogênio, seguindo os EUA e Alemanha.

O desempenho da aeronave, a segurança, a confiabilidade e a adaptabilidade ambiental do sistema de célula de combustível atenderam todos os requisitos técnicos durante o voo, de acordo com o ministério.

O avião está equipado com 20 quilowatts de células de combustível de hidrogênio como fonte de alimentação. É alimentado por células de combustível e baterias de lítio durante a sua decolagem e subida, e inteiramente por células de combustível durante a fase de cruzeiro.

Embora a ideia de aeronaves com hidrogênio não seja nova, foi deixada de lado no passado devido ao seu custo extremamente alto em comparação com o combustível tradicional, bem como o fato de que o hidrogênio requer quantidades substanciais de energia para fazer.


FONTE: RT

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS