De acordo com um livro branco divulgado recentemente pela AVIC (Aviation Industry Corporation of China – Corporação da Indústria de Aviação da China), espera-se que a população da aviação geral da China chegue a 20.000 até 2035.

Em 2017, o país tinha aproximadamente 3.000 aeronaves de aviação geral registradas. Entre 2010 e 2017, as horas anuais de voo da aviação geral no país passou de 370.000 para 840.000 horas. Em 2035, prevê-se que a frota da aviação geral registre mais de 6 milhões de horas de voo por ano.

O relatório observou que o setor de aviação geral da China sofreu mudanças significativas, já que o transporte de curta distância, o turismo de espaço aéreo de baixa altitude e as viagens de negócios está aumentando rapidamente. A AVIC acredita que o segmento terá um crescimento acelerado nos próximos 5 a 10 anos, à medida que o país impulsiona a reforma, delegando poderes, fortalecendo a supervisão de conformidade e melhorando os serviços do governo.

Em 2020, a China espera que seu mercado de aviação geral valha mais de US$ 153 bilhões, com 5.000 aeronaves da aviação geral, incluindo helicópteros e jatos particulares, no país. O Conselho de Estado da China projeta mais de 500 aeroportos da aviação geral no período.


FONTE: AINonline

 

Anúncios