Cingapura decidiu prosseguir com a compra de caças F-35. Inicialmente quatro, mas com opção para outros 8.. (Foto: U.S. Air Force / Sênior Airman Alexander)

Cingapura planeja comprar os primeiros quatro aviões F-35 da Lockheed Martin, com a opção de comprar mais oito, para substituir a velha frota de F-16, informou o ministro da defesa da cidade-estado na sexta-feira (01/03).

Ng Eng Hen disse no parlamento que o Ministério da Defesa de Cingapura emitirá uma carta de solicitação (LOR) aos Estados Unidos para a compra, que deve ser aprovada pelo Congresso dos EUA.

Com o maior orçamento de defesa do Sudeste Asiático, a cidade-estado rica é um prêmio-chave para as empresas globais de armamentos, à medida que busca investir em novas tecnologias e atualizar seus equipamentos.

“Nossa LOR vai solicitar uma aquisição inicial de quatro F-35, com a opção de oito subseqüentes, se decidirmos prosseguir”, disse Ng. “Cingapura tem o endosso da Administração dos EUA e do Departamento de Defesa para a nossa proposta de compra de F-35, mas o Congresso ainda deve aprová-la.”

Ng acrescentou que foi um “momento oportuno” para Cingapura colocar o pedido, porque o preço dos F-35s – que varia de US$ 90 milhões a US$ 115 milhões – tem caído constantemente em meio à alta demanda dos Estados Unidos e dez outros países, incluindo Grã-Bretanha, Itália, Austrália, Japão e Coreia do Sul.

Um executivo da Lockheed disse, um ano antes, que as negociações com Cingapura se centraram na variante de decolagem curta e aterrissagem vertical da versão F-35B, que é “um bom ajuste para um ambiente de terra menor”.

A Lockheed não respondeu a um pedido de comentário na sexta-feira.

A frota de Cingapura de cerca de 60 jatos F-16, que entrou em serviço pela primeira vez em 1998, será aposentada logo após 2030.


Fonte: Reuters

Anúncios

5 COMENTÁRIOS

  1. Alguém aí me explica o que se pode fazer uma FA a nível operacional com "somente" quatro aviões como o F35?

    • Talvez já ir criando uma doutrina e treinamento nessa aeronave que talvez eles pensem e substituir toda a frota de F16 por F35, assim eles podem treinar pilotos, mecânicos, logística e até mesmo a qualidade do avião.

  2. Para um país do tamanho de Cingapura, não seria mais importante sistemas modernos de patrulha e defesa aérea, que aviões de combate como o F35? … Mass, enfim quando o $$$$ está sobrando toda soberba é permitida.

  3. Como um F-35 vale 4 F-16 a frota de F-35 deveria ser de 15 F-35. Agora a versão F-35B não tem canhão e outras ruins contra a versão A. os F-15E deles só podem ser substituídos pelo F-15X. Tudo por causa da amizade chinesa

Comments are closed.