Caça Gripen tem toda capacidade de vencer os caças russos Sukhoi em combates de curta distância, de acordo com comandante sueco.

Recentemente, em uma apresentação na Finlândia, o Comandante da Força Aérea Sueca, Mats Helgesson, afirmou que o caça SAAB Gripen E tinha a capacidade de vencer os jatos russos Sukhoi em um dogfight, ou combate aéreo próximo.

Conforme relatado pelo Business Insider, o lendário status que os caças Sukhoi da Rússia têm foi conseguido através de sua capacidade de manobra dos caças frente aos jatos de combate dos EUA em batalhas aéreas, bem como para fazer acrobacias agressivas e perigosas no ar. Em resposta, a Força Aérea dos EUA se voltou para a cara aeronave furtiva.

De acordo com Justin Bronk, um especialista em combate aéreo do Royal United Services Institute, citado pela edição online, por outro lado, a abordagem da SAAB para combater os caças e mísseis da Rússia é muito mais diferente e mais barata, acrescentando que está focada em ataque eletrônico, o que lhes dá uma vantagem sobre stealth, porque o software pode evoluir sem uma reconstrução no solo. Bronk acrescentou que a SAAB pretende, a cada dois anos, atualizar o software do Gripen E, tornando-o mais flexível para atender aos desafios em evolução.

O especialista afirma que, tal como o A-10 Warthog, que foi construído em torno de um enorme canhão, o Gripen foi construído em torno da guerra eletrônica. Na verdade, todos os caças modernos realizam algum tipo de guerra eletrônica, mas o Gripen E bate os outros, devido a capacidade de jamming do jato.

Bronk disse: “Vários anos atrás, os pilotos do Gripen se cansaram de ser ridicularizados pelos pilotos alemães do Typhoon e vieram brincar com sua guerra eletrônica em tempo de guerra e deram-lhes uma tremenda dificuldade. Um dos Gripens foi “supostamente capaz de aparecer na asa esquerda de um Typhoon sem ser detectado” usando sua capacidade de interferência “extremamente respeitada”. ”

Em suas palavras, a suposição de que o Gripen é um dos combatentes eletrônicos mais capazes seria justa, especificando ainda que os Gripens frustraram os Typhoons, que eram da série C/D, cujas capacidades de guerra eletrônica eram muito menos poderosas que as dos Gripens da série E.

Os caças Gripen E são projetados para “operar em território sueco, aproveitar todos os tipos de terrenos irregulares sob a cobertura de mísseis terra-ar amigáveis com uma excelente suíte EW que deve, em teoria, mantê-los a salvo da maioria dos mísseis russos e ameaças ar-ar”, disparando quase qualquer míssil feito nos EUA ou na Europa.

O especialista em combate aéreo conclui que, se o míssil ar-ar de maior alcance mais eficaz, que é resistente aos bloqueadores da Rússia, for acoplado a um radar muito eficiente com excelente EW, então “não há razão para não assumir que não seria muito eficaz. Se você é um piloto de um jato Flanker, provavelmente é uma coisa muito assustadora de se encarar.”


Fonte: Focus News Agency, Business Insider, via Bulgarian Military

12 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia Senhores!

    É possível! Pois em combates simulados com os F16 Dinamarquêses e F18 Finlandeses, o Gripen C obteve diversas vitórias. E no combate de lo vai distância ganhou todos os embates.

    Agora imaginem os senhores a dupla F39E + Meteor….

    CM

    • A declaração foi dada no forum F16.net (reduto dos falconistas)

      CM

    • Então…sei lá mas a publicação apareceu no reduto dos falconistas (Forum F16.net)

      CM

  2. Tenho certeza que o Gripen é um bom caça e a nossa versão será muito melhor, porém essa foi uma declaração de relações públicas.

  3. Não veremos um oficial sueco dizer que seu principal jato é "marromêno" — e ainda na época do FX-1, o pessoal da Gripen International vivia publicando comentários de pilotos britânicos, de Typhoon, afirmando que viram sistemas no JAS-39C/D que não ainda não tinham visto no jato da RAF…

    Nos comentários daquela época e no atual, do sueco, o interessante é que não me parece somente marketing (que eles fazem, claro, tanto comercialmente, quanto motivacionalmente — isso eleva o moral de qualquer piloto militar que utiliza o avião).

    E olha que o caça pode ter chance, sim, em dogfight contra o superpotente Flanker (caso não tenha usado o Meteor logo, claro), mas vai depender de toda a eletrônica que afirmam ter e de erros do adversário — mas para o último, "falta combinar com os russos", "garrincho" eu.

    • Assante boa tarde,

      A declaração foi publicada no site Forum F16.net, ainda segundo o fórum a declaração foi emitida pelo Cmt da Força Aérea Finlandesa ( para quê ele iria expor ao ridículo seus pilotos e equipagens?)

      CM

  4. Poder pode, até um forevis5 pode…
    Quero ver se na hora do "vamos ver", fazer.

  5. Sem conhecer as reais capacidades de aviônicos/eletrônicas/armas, que são os mais importantes itens na guerra aérea atual, qualquer comparativo estilo SUPER TRUNFO que tantos gostam de fazer, é pura perda de tempo.

  6. Contra Migs e Sukhois abaixo dos 29 os Gripen NG tem amplas vantagens principalmente técnicas… Mas contra SU 35 aí as coisas beiram a paridade em vários quisitos e desvantagens em outros… Seria um bom embate !

Comments are closed.