Cinco nações que fazem parte da Agência Europeia de Defesa participam de um exercício com as aeronaves C-27J Spartan na Romênia.

Cinco Estados-Membros da Agência de Defesa Europeia (EDA) que utilizam aeronaves militares C-27J Spartan (Bulgária, Itália, Lituânia, Eslováquia e Romênia) participam da 4ª edição do exercício europeu Spartan que teve início no dia 13 de maio na Base Aérea de Otopeni, na Romênia.

Observadores de outros países usuários do C-27J, como a Grécia e até mesmo os Estados Unidos e a Austrália, também participam do evento que vai até 24 de maio. O objetivo do exercício é aumentar a interoperabilidade entre os operadores europeus do C27J Spartan. É um dos resultados da parceria da Frota Europeia de Transporte Aéreo (EATF), assinada em 2011 por 20 Estados-Membros da EDA.

Projetado pela EDA e hospedado pela Força Aérea Romena, o evento visa promover abordagens de tipo de usuário de aeronaves para harmonizar táticas, técnicas e procedimentos, bem como desenvolver soluções mais econômicas para operar e sustentar o C27J. O objetivo é fornecer às equipes aéreas treinamento acadêmico e de voo, bem como equipes de terra que desenvolvam procedimentos harmonizados para, eventualmente, permitir que eles realizem manutenções cruzadas nas aeronaves uns dos outros. A aeronave C-27J Spartan pode realizar missões táticas em operações humanitárias e de manutenção da paz, proporcionando transporte aéreo direto ao teatro, dia e noite.

Este evento de voo foi desenvolvido no âmbito do conceito de cooperação C27J lançado em 2015 pela EDA. Este conceito procura desenvolver um nível de interoperabilidade de longo alcance entre os operadores europeus da C27J através de uma variedade de projetos nas áreas de operações e formação, logística, aeronavegabilidade, aprovisionamento comum e SESAR.

As principais vantagens dos grupos de usuários da EDA – que trabalham em total transparência e cooperam com todos os outros grupos de usuários existentes liderados por outras organizações, indústrias e/ou prestadores de serviços – são agrupar pequenas e médias frotas nacionais para aproveitar economias de escala, trocar as melhores práticas e ser mais eficiente em termos de custo na operação e manutenção da aeronave.

A parceria da Frota Europeia de Transporte Aéreo (EATF), lançada em 2011 e que agora reúne 20 Estados-Membros, visa aumentar a provisão de transporte aéreo na UE, desenvolvendo soluções concretas para aumentar a eficiência das frotas existentes e futuras e otimizar a utilização de organizações e estruturas de transporte aéreo.

Participam do exercício Spartan 2019:
– Romênia: 1 C-27J, (mais 1 C-130, 1 helicóptero, 1 C-27J para apoio logístico)
– Bulgária: 1 C-27J
– Itália: 1 C-27J
– Lituânia: 1 C-27J
– Eslováquia: apenas pessoal de manutenção
– Países observadores: Grécia, Estados Unidos, Austrália

Além do Exercício Spartan, a C27-J Spartan Cooperation está desenvolvendo um treinamento de tipo comum para tripulações aéreas, usando as instalações já existentes localizadas na Romênia e na Itália; uma formação comum para manutenção ao abrigo das novas normas europeias, um apoio logístico comum e um programa comum de modernização da aviónica para beneficiar de economias de escala.

SEM COMENTÁRIOS