El Al realizou o último voo com um Boeing 767no dia 3 de fevereiro.

A companhia aérea israelense El Al se despediu de seu último Boeing 767 no dia 3 de fevereiro.

A aeronave, um 767-300ER com prefixo 4X-EAJ, foi usada pela última vez em um voo programado entre o aeroporto Milão Malpensa para Tel Aviv que foi recebido com uma saudação dos canhões de água no domingo.

Os Boeing 767 estavam em serviço com a companhia aérea israelense há mais de 36 anos. Os primeiros seis 767-200 foram seguidos por sete 767-300ER ao longo do tempo. Os 767-300ERs da empresa foram substituídos pelo Boeing 787-9 Dreamliners.

A partida dos 767 faz parte de uma importante estratégia de renovação da frota em El Al. A empresa também vai aposentar seus Boeings 747 até o final deste ano. Depois disso, as aeronaves Boeing 787s, 777s e 737s serão a frota da transportadora aérea israelense.

2 COMENTÁRIOS

  1. Um avião com muito mercado ainda, seja no transporte de cargas, seja em funções militares.
    Algo que eu nunca entendi: porque Israel tem insuficiência de reabastecedores sendo que vende opções de conversão de 767 no mercado.