Maquete do novo 747-8 (VC-25B) “Air Force One” visto no Salão Oval da Casa Branca.

De acordo com a vontade do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a nova pintura do próximo avião presidencial dos EUA, conhecido como Air Force One, foi revelado em um relatório de orçamento do Pentágono. Os novos VC-25B devem trocar o esquema de cores azul celeste e branco por uma tinta vermelha, branca e azul escura.

Os atuais 747-200 (VC-25A) possuem um esquema de pintura azul e branco.

Os atuais e principais aviões da frota presidencial dos EUA, os dois VC-25As, foram entregues pela Boeing em 23 de agosto de 1990. O Boeing 747-200B, cuja estrutura em que se baseavam, está agora fora de produção e a manutenção está se tornando cade vez mais recorrente e cara. Demora “mais de um ano para manutenção pesada para manter a conformidade com os padrões de aeronavegabilidade da Federal Aeronautics Administration (FAA)”, de acordo com o Departamento de Defesa.

Em 2007, foi anunciado que a USAF estudaria uma possível substituição para o VC-25As. Em janeiro de 2015, foi tomada a decisão de substituir os dois aviões presidenciais por dois 747-8, designados VC-25B, com a entrega prevista para 2024.

Porém, em 6 de dezembro de 2016, os planos de compras atingiram um novo patamar. Um mês após sua eleição, o presidente Donald Trump anunciou que descartaria o pedido feito anteriormente com a Boeing. “O avião está totalmente fora de controle. Serão mais de US$ 4 bilhões para este programa do Air Force One, e eu acho ridículo”, disse Trump na época, comentando:“ Eu acho que a Boeing está tentando fazer um pouco de número. Queremos que a Boeing ganhe muito dinheiro, mas não tanto.”

O comandante em chefe renegociou um acordo de US$ 4 bilhões com a Boeing para dois novos aviões presidenciais para substituir os atuais Boeing 747-200. “A Boeing nos deu um bom acordo. E fomos capazes de aceitar isso”, disse Trump na época. “Mas eu disse: ‘Será que devemos usar as mesmas cores azuis bebê?’ E nós não somos”. A escolha provocou protestos entre alguns legisladores.

Detalhe do orçamento do Pentágono para o ano fiscal de 2021 com a imagem do Air Force One em novo esquema de pintura.

“Será vermelho, branco e azul”, decidiu Trump, preferindo o esquema de cores “Star Spangled Banner” ao uniforme azul e branco, introduzido por John F. Kennedy em 1962. Em 10 de fevereiro de 2020, um relatório de orçamento do Pentágono confirmou a nova pintura do próximo Air Force One.

O novo visual é muito parecido com os modelos de aviões utilizados pela ex-companhia aérea do presidente Trump, a Trump Shuttle, que foi fechada meses após a abertura da empresa há muito tempo.

Orçamento relativo ao novo VC-25B para o ano fiscal 2021.

Se o novo esquema de cores agora é um fato, o orçamento, no entanto, voltou a inchar. Em junho de 2019, foi informado que o preço poderia chegar a US$ 5,3 bilhões. Por enquanto, o relatório orçamentário do Pentágono notifica que o custo do Teste e Avaliação do Desenvolvimento da Pesquisa para o novo plano presidencial será de US$ 800,9 milhões.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS