Caça Eurofighter Typhoon com mísseis Brimstone.

O Reino Unido concedeu à MBDA um contrato de £ 400 milhões para o programa de sustentação de capacidade (CSP) do avançado míssil ar-terra Brimstone, para estender sua vida útil além de 2030.

Sob o esforço do CSP, a MBDA irá fabricar novos mísseis Brimstone para as Forças Armadas do Reino Unido, a fim de reabastecer o inventário do país e manter a vantagem do campo de batalha do Reino Unido no futuro.

Os novos mísseis Brimstone incorporarão todas as funcionalidades aprimoradas oferecidas pelas atualizações em espiral do Brimstone que ocorreram nos últimos anos para atender aos requisitos operacionais do Reino Unido. Estes incluem o altamente capacitado buscador Dual Mode SAL / onda milimétrica (mmW), avançado piloto automático, e o novo motor do foguete e ogiva.

O esforço também incluirá uma atualização significativa de memória e processamento para o míssil, a fim de permitir todas as funcionalidades do Brimstone e preparar o míssil para o futuro. O CSP do Brimstone fornecerá o padrão básico de hardware que será desenvolvido através de aprimoramentos de software que resultarão em um estoque comum de mísseis idênticos para uso em jatos de combate, helicópteros de ataque e sistemas de aeronaves remotamente pilotadas (RPAS) para o Ministério de Defesa do Reino Unido e permitirão a fabricação do Brimstone para atender a pedidos de exportação. Os modos CSP serão selecionáveis ??no cockpit, fornecendo aos usuários acesso simples aos recursos exclusivos de desempenho do Brimstone contra os alvos mais desafiadores.

Chris Allam, Diretor de Engenharia do Grupo MBDA e Diretor Administrativo da MBDA Reino Unido, disse: “Estou muito satisfeito pelo fato do Reino Unido ter escolhido continuar com o programa de manutenção de capacidade do Brimstone. Este novo investimento do Reino Unido é um endosso das capacidades únicas e inovadoras oferecidas pelo Brimstone. O contrato CSP constitui a base para a sustentação e atualização ao longo da vida do Brimstone até 2030 e além”.

O Brimstone será usado pelo avião de combate Typhoon da Royal Air Force (RAF) e deverá no futuro ser levado também pelo novo UAV Protector da RAF e pelos novos helicópteros de ataque Apache do Exército Britânico. Ao utilizar o Brimstone em diferentes plataformas e serviços, o Reino Unido receberá vantagens logísticas significativas e economia de custos.

O Brimstone é uma arma exclusiva de ataque de precisão ar-superfície. Já demonstrada por terra, mar, jatos de combate, helicópteros e aeronaves pilotadas remotamente, o Brimstone oferece uma verdadeira abordagem multi-função / multiplataforma e letalidade muito alta para reduzir o custo de vida de armas complexas. É usado para o engajamento de alvos de rápida movimentação e manobra, provando ser ideal para operações em ambientes com limitações colaterais.

Com uma presença significativa em cinco países europeus e nos EUA, em 2017 a MBDA obteve receita de 3,1 bilhões de euros com uma carteira de pedidos de 16,8 bilhões de euros. Com mais de 90 clientes das forças armadas no mundo, a MBDA é líder mundial em sistemas de mísseis. A MBDA é de propriedade conjunta da Airbus (37,5%), da BAE Systems (37,5%) e da Leonardo (25%).

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS