A Coreia do Sul enviou seus jatos de combate para interceptar um bando de gansos que voavam sobre a zona desmilitarizada.

A Força Aérea da República Coreana (RoKAF) enviou seus caças para interceptar um objeto não identificado, voando perto da zona desmilitarizada entre sua fronteira com a Coreia do Norte, que mais tarde foi confirmado como sendo um bando de gansos selvagens.

O fato ocorre após um incidente recente em que um barco norte-coreano com quatro pessoas a bordo entrou em águas sul-coreanas sem ser detectado. O Exército da Coreia do Sul está em alerta desde então.

“O “objeto não identificado” foi detectado em radares militares quando voava perto da fronteira com a Coreia do Norte, na segunda-feira, revelando ser um bando de pássaros, mais tarde confirmados como gansos selvagens”, disse o Chefe do Estado Maior da Coreia do Sul. A detecção levou a Força Aérea da Coreia do Sul a enviar seus aviões de combate para interceptar o “objeto”.

A Coreia do Sul já estava em alerta com a visita do presidente dos EUA Donald Trump ao país. (Foto: Getty Images)

O radar militar sul-coreano detectou um objeto não identificado no céu acima da zona desmilitarizada na porção central da fronteira inter-coreana na província de Gangwon por volta das 13 horas, na segunda-feira (01/07). O objeto foi encontrado a cerca de 4,5 quilômetros acima do solo, dentro da zona de exclusão aérea que as duas Coréias montaram ao longo da fronteira sob o acordo militar inter-coreano assinado em setembro do ano passado, informou a agência de notícias Yonhap.

“Ao ver isso, os militares enviaram vários jatos em resposta, o que mais tarde confirmou que o rastro foi feito por cerca de 20 aves, que se supõe serem gansos selvagens”, disse um oficial não identificado, segundo a Yonhap.

Enquanto enviavam os jatos, os militares sul-coreanos enviaram uma notificação para a Coreia do Norte através do canal de comunicação militar inter-coreano, de acordo com o pacto militar, a fim de evitar qualquer embate acidental, acrescentou.

Anúncios

8 COMENTÁRIOS

  1. Essa notícia não é tão absurda assim quanto parece, existe inclusive uma espécie de ganso que consegue voar a 9.000 m de altitude! O Ganso Indiano consegue sobrevoar por cima da Cordilheira do himalaia com seus 8.000 m de altura e uma espécie do Canadá pode voar a 112 km/h e percorrer 1.500 km em um único dia. Esses bichos voando em formação, em alta altitude e pegando uma corrente da ar, deve enganar qualquer radar.