Um caça F-16 da Força Aérea de Israel. (Foto: Ofer Zidon / Flash90)

Os últimos cinco dias de combates na Faixa de Gaza, até agora, custaram para Israel entre € 50 milhões e € 60 milhões. As estimativas iniciais indicam que uma semana de combate semelhante custaria entre € 80 milhões de € 90 milhões. Se um ataque terrestre for iniciado em Gaza, o custo pode chegar a € 600.000.000 ou € 800 milhões.

O custo irá depender da duração da operação, o número de reservistas chamados e os tipos de unidades que participam na operação.

Um dia de combate em Gaza, com base nas atividades aéreas e no uso da bateria de defesa anti-míssil Iron Dome, custa entre € 10 milhões e € 14 milhões. Uma convocação expandida de reservistas e um ataque terrestre aumentaria o custo diário para € 30 milhões ou € 40 milhões.

O custo de uma bateria Iron Dome é de € 150 milhões, cinco já foram implantadas e o exército quer eventualmente implantar 13.

Cada míssil do Iron Dome custa cerca de € 47.000. (Em comparação, os foguetes lançados de Gaza custam algumas centenas de euros cada para a fabricação.)

O custo de uma única surtida por uma aeronave de combate avançada está estimada em € 100.000 e € 150.000.

O uso de veículos aéreos não tripulados é caro, entre € 2.000 por hora de voo. O custo de uma hora de uso de helicóptero de combate é de € 20.000.

O aspecto mais caro da guerra é a convocação de reservistas. Um soldado de reserva custa para força de defesa € 200 por dia. Isto significa que a convocação de 16.000 soldados da reserva (o número já chamado), custa € 22.400.000 por semana, e 75 mil reservistas (o número que está sendo considerado) custaria ao país € 105.000.000 por semana.

O custo da guerra civil, incluindo reconstrução d infra-estruturas, a remuneração para os funcionários ausentes de seus empregos por causa da guerra, e a compensação para as fábricas incapazes de operar durante a guerra, pode chegar a € 200 milhões, dependendo do dano à propriedade e infra-estrutura.

Fonte: The Irish Times – Tradução: Cavok

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta
Anúncios

37 COMENTÁRIOS

  1. Netanyahu ta maluco não é so os EUA e a França que não aguentam mais suas paranóias,o proprio povo Judeu esta esgotado de bancar suas alucinações.Sera que ele acha mesmo que no suspiro final descera um ser brilhante do espaço e lutara por ele.Seria muito mais interessante negociar e ter perdas menores do que arriscar perder tudo.Guerras apenas não teem o custo operacional e logistico mas tambem reserva porque so tolo acha que ela começa num dia e termina em outro estipulado…..Tireless todo ser humano tem o direito de se defender e se entarmos nesse merito meu caro vira assunto sem fim pois afinal de contas Arabes e Palestinos tambem são seres humanos.

  2. Esse governo iraniano não precisa de um distante “Grande Satã” para infernizar o mundo islâmico com competência: de longe e despejando dinheiro para armas (mas só para isso, nada de melhorar a vida da coletividade), usa os marionetes palestinos e seus grupos radicais dementes como buchas de canhão para seu interesse mais direto — ocupar as IDFs. Assim, posterga um ataque aéreo a alvos notórios em seu próprio território e ainda proporcionam a si mesmo posar de bonzinho e indignado, aos palestinos atingidos, enquanto esses recolhem pedaços dos parentes sob escombros residenciais… E Israel sem paciência, com eleições parlamentares a vista e caças F-16 usando marretas para matar baratas infiltradas entre os civis… Tem que gastar mesmo.

  3. Segundo o canal de televisão iraniano, Al Alam, na noite entre 18 e 19 de Novembro, foi batido pelo Hamás um helicóptero, na zona da 'Bahia de Gaza'. Tambem um navio da marinha israelense na Bahia de Gaza foi atacado com mísseis (ou foguetes?).

    • A mesma "fonte fidedigna"que informou que o Hamas teria abatido um Viper Israelense e capturado seus dois pilotos? Por favor! A propaganda é fundamental nas guerras e o uso de métodos goebbelianos pelos patrocinadores do Hamas apenas expõe sua afinidade com o regime existiu na Alemanha de 1933 a 1945

  4. Camaradas,

    Há de se ver esse números de maneira mais abrangente…

    Devemos ter em mente que o custo de um equipamento não é fixo. Ele depende de uma série de variáveis, que vão desde a escala de produção até mesmo a uma versão específica, que pode tornar a máquina mais cara ou mais barata de operar.

    Por exemplo, fala-se em 20000 Euros por hora de vôo de um helicóptero de combate, mas não menciona que tipo de helicóptero custaria isso… Só a título de exemplo, a hora voada do AH-64A, salvo engano, custa certa de 3600 dólares; um Cobra vai aos 1800 dólares e um CH-53 pode chegar a os 20000 dólares, dependendo da variante…

    Logo, o custo real de uma campanha é difícil de se precisar. Pode-se projetar uma estimativa de gastos, mas daí a ter um número exato é outra história, uma vez que o uso das máquinas pode terminar atrelado as circunstâncias do combate, tendo maior ou menor uso dependendo de como a situação se desenvolva.

  5. hum… aqui na empresa eu tenho custos… mas procuro ter lucro… qual o lucro de Israel? nunca vi judeu rasgar dinheiro ou investir errado! nos conflitos seria diferente?… quantos assentamentos poderão ser criados depois… quanto financiamento e dinheiro para ajuda será repassado aos israelenses para "ajudar" os palestinos vitimados… sei não heim… acho que o lucro vai passar de 200% …
    "interessante" o ataque israelense ao liders do hamas na semana retrasada… logo onde as coisa pareciam calmas… será que estavam calmas demais para o Bibi?…

    triste situação a dos inocentes palestinos… quando vejo um prédio inteiro caindo, vitimado por uma bomba de 2000libras, e observo aquales "fogos de artifícios" turbinados dos palestinos, que, terrivelmente abrem buracos de 30cm no chão e quebram vidros e arranham parachoques de carros israelenses… percebo como é equilibrada a "reação" de Israel… só não percebe quem não quer…

  6. Uma pergunta ao administrador,

    lendo os comentários percebi embora conste como o post tendo 28 comentários, só parecem 15 comentários!
    Onde foram parar os outros 13 comentários faltantes? Ou é um erro do sistema e só tem 15 comentários mesmo?

    • Para ver as respostas dos comentários, é preciso clicar em “respostas”, logo abaixo do comentário. As respostas, no caso 13, ficam recolhidas para facilitar a leitura e o carregamento da página.

      Abraço,

      Fernando Valduga
      Editor Cavok Brasil

Comments are closed.