Helicópteros utilitários leves H130 da Airbus.

A Airbus Helicopters e o Ministério dos Transportes da França (DGAC) anunciaram no Paris Air Show de 2019 que seu novo demonstrador híbrido de helicópteros leves realizará seu primeiro voo no próximo ano.

No evento em Le Bourget, eles lançaram um projeto de pesquisa com o objetivo de demonstrar o uso de um sistema de propulsão híbrido a bordo do helicóptero monomotor H-130 de teste. Ele se concentrará na integração de um sistema de backup elétrico no helicóptero de teste para alimentar o sistema do rotor por até 30 segundos, sem o uso da turbina principal tradicional.

“Este projeto resultará em novas tecnologias e um demonstrador que são essenciais para o desenvolvimento de uma nova geração de helicópteros mais limpos”, disse Elisabeth Borne, Ministra para Transportes do Ministério da Transição Ecológica e Inclusiva.

Como parte deste programa de pesquisa, este conceito será amadurecido para um Nível de Prontidão Tecnológica (TRL – Technology Readiness Level) 6, aproximando-o da possível certificação e industrialização. O pacote de demonstração incluirá um motor elétrico fornecido pela Thales, uma bateria desenvolvida pela Airbus Defense and Space, bem como conversores elétricos fornecidos pela ADENEO. O sistema será instalado e testado em um helicóptero H-130. O projeto será financiado em conjunto pela DGAC e pela Airbus Helicopters.

“Se introduzida em helicópteros de série, esta tecnologia poderia fornecer aos pilotos de helicópteros monomotores mais flexibilidade para realizar a auto-rotação em caso de desligamento do motor. Futuras evoluções da tecnologia podem levar a uma redução no consumo de combustível e nos níveis sonoros”, disse Bruno Even, CEO da Airbus Helicopters.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS