Após o término da Segunda Guerra Mundial na Europa, os EUA se apossaram de muito material desenvolvido pela fantástica industria bélica do IIIº Reich. A abundância de ideias eram tantas que a Força Aérea dos EUA se deu ao luxo de alguns experimentos. Enquanto uns eram bizarros e não levaram a nada, outros trouxeram inovação tecnológica para o campo da aeronáutica.

Num dos experimentos, que pode ser observado abaixo, um North American Aviation P-51 Mustang recebeu dois motores ramjets que impulsionavam as V-1.O desafio remete ao P-51 com motores ramjets Marquardt XRJ-30-MA nas pontas das asas, cada um capaz de gerar 356 kg de empuxo seco.

A Ford criou o motor de pulso PJ-31-1 copiando o ramjet alemão Argus As 014

Definitivamente, o Conhecimento é empírico.

 

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Giordani, creio que há uma confusão, o motor da V-1 era do tipo pulsojato e não ramjet. O Mustang testou o pulsojato Ford PJ-31-1 que era cópia do Argus da V-1 no final de 1945. Esse do Desafio, sendo um ramjet, precisa de uma alta velocidade p/ poder iniciar o funcionamento, pois não possui partes móveis e o ar tem que entrar muito rápido, o que inviabilizaria seu uso na V-1. Nesses testes o P-51 tinha que mergulhar p/ aumentar a velocidade e então os ramjets podiam ser acionados.
    Abs.