Uma aeronave Alpha Jet da DA Defense e um CF-18 Hornet da Força Aérea Canadense.

A Discovery Air Defense Services (“DA Defense”), uma subsidiária integral da Discovery Air, anunciou na segunda-feira (30/10) que venceu uma competição e recebeu um contrato de longo prazo do Governo do Canadá para fornecer Serviços de Treinamento Aéreo Contratado (CATS) às Forças Armadas do Canadá a partir de bases operacionais permanentes localizadas em quatro províncias canadenses diferentes utilizando uma frota de aeronaves Alpha Jet e Learjet modernizadas.

Este contrato é de 10 anos com uma opção adicional de dois anos e uma segunda opção adicional de 17 meses.

“É uma honra ser selecionado como parceiro de longo prazo do Canadá para a provisão de CATS, oferecendo uma verdadeira solução made in Canada”, disse Paul Bouchard, presidente da DA Defense. “Nossa equipe excepcional de pilotos e instrutores de caças de combate CF-18 altamente experientes combinados com nossa equipe de pessoal de manutenção, engenharia e suporte dedicados continuarão a oferecer o treinamento aéreo mais abrangente do mundo para preparar os militares canadenses para desafios e ameaças em constante mudança no Canadá e de seus aliados além de 2030”.

“Ao longo dos últimos 12 anos, superamos todas as expectativas dos clientes para se tornar um provedor confiável de treinamento aéreo no Canadá”, disse Didier Toussaint, presidente do grupo e gerente de operações da DA Defense. “Nosso histórico comprovado de segurança, experiência e inovação continuará servindo os homens e as mulheres das Forças Armadas canadenses no futuro. Também estou muito orgulhoso de que este prêmio de CATS de longo prazo apoie os benefícios econômicos e tecnológicos em curso no superaglomerado aeroespacial de Montreal e aumente as principais capacidades industriais do Canadá no setor aeroespacial no cenário mundial”. Ambos os senhores Bouchard e Toussaint também são ex-pilotos instrutores de combate de caças CF-18.

A DA Defense é a fornecedora mais experiente de treinamento tático em todo o mundo. Com oito principais bases operacionais em três continentes, a DA Defense opera a maior frota privada de jatos “aggressor” e aeronaves de apoio ao combate. Com um registro de segurança sem paralelo, incluindo 66 mil horas de voo sem acidentes, a DA Defense, juntamente com sua subsidiária integral dos EUA, a Top Aces Corp., é a fornecedor exclusiva de serviços de treinamento aéreo contratado para as forças armadas canadense, alemã e australiana. A combinação exclusiva de aviões de combate especiais e de missão especial da DA Defense, equipada com capacidades representativas de ameaça de 4ª geração, oferece os perfis de missão, flexibilidade e disponibilidade exigidos pelas Forças Armadas do Canadá e pelas principais forças aéreas do mundo.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Isso só mostra como não são necessários aviões de altíssima performance, um AlphaJet serve como agressor se utilizado por um piloto experiente em um ambiente de guerra eletrônica criado com os LearJet.
    Se uma empresa tiver F1 ou Kfir tudo bem, mas se tiver AlphaJet ou L-159 também da conta, estas empresas tem até hoje L-39 para simular ataques a navios preparando tripulações para defesa antiaérea.

  2. Uma curiosidade, o Brasil continua apanhando com a importação de veículos 4 x 4 para as polícias com aquisição e manutenção cara e o EB escolhendo o Iveco italiano como seu 4 x 4 para ser fabricado aqui.
    Vejam os dois modelos fabricados e exportados por dois fabricantes tailandeses, como é que a Tailândia consegue e o Brasil não???
    .
    First Win da Chaiseri https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:A
    .
    Phantom 380 da Panus https://1.bp.blogspot.com/-6ESU5GH0H70/WRp0XpMqgC
    .
    LVM da IVECO escolhido pelo EB https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/

Comments are closed.