A Força Aérea da Rússia deve receber seus primeiros Su-57 em 2019.

O Distrito Militar Sul da Rússia receberá o primeiro lote da aeronave Sukhoi Su-57 em 2020, disse na segunda-feira o Comandante do Quarto Comando da Força Aérea e de Defesa Aérea da Rússia, general Nikolai Gostev.

Segundo ele, 30 novos aviões e helicópteros serão entregues em 2019.

O Ministério da Defesa da Rússia e a empresa Sukhoi assinaram um contrato para a entrega das duas primeiras aeronaves Sukhoi Su-57 no Fórum Militar e Técnico Internacional em 22 de agosto de 2018. O vice-ministro da Defesa, Alexei Krivoruchko, disse que os militares receberiam o primeiro Su-57, de 15 aeronaves planejadas, em 2019.

O Su-57 é um caça stealth de quinta geração projetado para destruir todos os tipos de alvos aéreos, e também com capacidade para atingir alvos terrestres e navais. O armamento do avião incluirá particularmente mísseis hipersônicos. O jato de combate foi testado com sucesso em condições de combate na Síria.

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Não tem como esse avião ser Stealth, no máximo deve ter o RCS de um Gripen sem cargas externas.

    • Conceito de stealth é muito amplo. Ele é mais discreto no radar que os caças de quarta geração por conta de suas "formas" mas não tem o padrão de fabricação e acabamento de um caça de quinta geração. Já vi numa matéria que ele fica no RCS entre um j20 e um f18, pendendo mais pro f18.

  2. Mas mas mas mas… A tecnologia furtiva não da futuro, Russia já tem o todo poderoso Su-35…

    By Kings

  3. Se fossem fabricados sei lá…umas 200 unidades ao menos…aí sim projetaria poder pois é esperado que seja mais capaz que o su35 que já é um baita caça.

  4. Distrito Sul acredito ser o que comanda a região do Cáucaso, Crimeia e Mar Negro. A Rússia deve acreditar que um agressão seria na região da Ucrânia. A região da Polônia é muito obvia.

Comments are closed.