Linha de produção da Airbus em Mobile, Alabama.

Duas aeronaves Airbus A220 atualmente em produção na fábrica da Airbus Mobile no Alabama podem ter sido danificados devido à ativação errada do sistema de combate a incêndio.

No dia 13 de setembro, o sistema de combate a incêndios em um hangar de montagem teria sido ativado durante o período de não produção. Não havia funcionários no hangar durante o incidente, exceto dois jatos Airbus A220 que estavam em produção.

Não havia indicação de incêndio quando o sistema foi ativado, de acordo com a porta-voz da empresa Kristin Tucker, ao site especializado Wings over Quebec.

A Airbus informou que avalia os possíveis danos nas duas aeronaves A220 e que a linha de produção foi suspensa para que uma investigação seja concluída.

Linha de Montagem da Airbus no Alabama

A Airbus concluiu a construção de sua linha de montagem final do Airbus A220 em Mobile, Alabama no início deste ano e começou a montar a primeira aeronave A220 em agosto.

Espera-se que o primeiro jato A220 saia da linha de montagem final no terceiro trimestre de 2020. A aeronave será entregue à Delta Air Lines, que já recebeu 21 exemplares feitos na fábrica de Mirabel da fabricante em Quebec, Canadá.

Além da fábrica de Mobile no Alabama, a Airbus também possui dois centros de engenharia no Kansas e no Alabama, fábricas de helicópteros no Texas e Mississippi e uma fábrica de satélites na Flórida. A fabricante europeia de aeronaves está trabalhando com fornecedores em mais de 40 estados para suas operações de fabricação nos Estados Unidos.

Nesta semana, o CEO da empresa alertou que tarifas adicionais para os produtos da Airbus nos Estados Unidos afetariam muito os fornecedores americanos da fabricante.

Nota da Airbus

A Airbus informa que, na sexta-feira (13), durante o intervalo da produção, o sistema de combate a incêndios foi acionado em um dos hangares da linha de produção da empresa, em Mobile, Alabama (EUA). No entanto, não foi identificada presença de fogo e nenhum funcionário ou colaborador contratado foi afetado.

O hangar permaneceu fechado enquanto as equipes de avalição trabalharam para detectar a causa do acionamento. A Airbus está em contato permanente com os clientes para mantê-los informados.

Anúncios