Aeronave Boeing 737 MAX 8 nas cores da companhia aérea SCAT do Cazaquistão. (Foto: Boeing)

A Boeing e a SCAT Airlines, com sede no Cazaquistão, anunciaram um pedido para seis aeronaves 737 MAX 8, no último dia do Dubai Airshow de 2017.

O acordo, avaliado em US$ 674 milhões a preços de lista atuais, também inclui direitos de compra para cinco 737 MAX 8s adicionais.

“O 737 MAX 8 se adapta à nossa estratégia de rede à medida que nós expandimos para incluir destinos na Europa, na Rússia e no Extremo Oriente”, disse Vladimir Denssov, presidente da SCAT Airlines. “A confiabilidade e os baixos custos operacionais do avião, bem como a experiência do passageiro foram os principais fatores na seleção do 737 MAX”.

Atualmente, a SCAT Airlines opera uma frota de aviões 737, 757 e 767.

“Valorizamos nossa parceria com a SCAT Airlines e sua confiança contínua nos produtos Boeing”, disse Marty Bentrott, vice-presidente de vendas, Oriente Médio, Turquia, Rússia, Ásia Central e África da Boeing Commercial Airplanes. “Estamos ansiosos para apoiar seus planos de expansão e continuar a desempenhar um papel integral no sucesso a longo prazo”.

2 COMENTÁRIOS