Caça russo Sukhoi Su-34 Fullback.

A Rússia recebeu as primeiras solicitações da versão para exportação das aeronaves caça-bombardeiros Sukhoi Su-34, disse o chefe da Rosoboronexport (parte da Rostec) Alexander Mikheyev a repórteres no Dubai Airshow 2019 na segunda-feira.

“Estamos trabalhando nisso. Vários pilotos de nações parceiras chegaram a pilotar essas aeronaves [Su-34]. Então, estamos aguardando decisões, trabalhando no marketing. Existem solicitações”, disse Mikheyev, sem especificar quem são esses países e, é claro, se a Turquia está incluída neles, informou a agencia de notícias Tass.

A decisão da Rússia de exportar o Su-34 será um movimento importante, pois é um tipo de aeronave que nenhum país ocidental oferece. O mercado para esta categoria de aeronaves é, portanto, totalmente aberto ao setor de aviação russo.

O caça-bombardeiro supersônico de múltiplas funções Sukhoi Su-34 (Su-32 na versão de exportação) é designado para atingir alvos terrestres e aéreos inimigos, de dia e noite, em qualquer condição climática. O Su-34 carrega armamento de mísseis ar-superfície e ar-ar de longo alcance com a capacidade de emprego multicanal.

O Su-34 tem um alcance operacional de 4.000 km, pode desenvolver uma velocidade máxima de 1.900 km/h e é capaz de transportar uma carga útil de armas de até 8 toneladas.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia a todos Senhores!

    Sempre achei interessante a nossa Gloriosa Mari há de Guerra ter dois esquadrões destes fabulosos aparelhos (bem diferente de muitos comentaristas aqui no Cavok e outros sites de discussão, eu não tenho estereótipos. Se o equipamento é comprovadamente bom, eu não vejo como lixo).
    Voltando ao assunto, 2 esquadrões um no Sul em Lago dos Patos e outro no Nordeste, talvez Fortaleza.

    CM