Piper Cherokee Archer II visto no AirVenture 2008. Ao fundo um bombardeiro B-25 Mitchell. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Um dos aviões ícones da aviação geral da última metade do século passado, o Piper Cherokee, será homenageado no AirVenture 2010 da EAA em julho próximo, em Oshkosh, no Aeroporto Regional de Wittman, entre os dias 26 de julho e 1º de agosto. Durante os últimos anos chegam para participar do AirVenture mais de 200 aeronaves do modelo.

Foto do primeiro voo do protótipo do Cherokee no dia 10 de janeiro de 1960.

A aeronave de quatro lugares e asa baixa tem sido uma dos mais importantes modelos da aviação geral nos aeroportos desde a sua introdução em 1960. O projeto original sofreu várias melhorias desde o primeiro ano, mas permanece sendo reconhecido como uma das principais aeronaves de treinamento de voo e também da aviação desportiva pelo mundo todo.

Durante a AirVenture 2010, uma chegada em massa de 50 aeronaves será o ponto de partida da comemoração de ouro no evento, com outras atividade e programas que serão oferecidas para os proprietários e entusiastas dos aviões Cherokee durante a semana toda. Todos grupos de proprietários e clubes dos aviões Piper Cherokee estão sendo convidados a participarem das atividades.

“Existem apenas algumas poucas aeronaves que são instantaneamente reconhecidas como parte da comunidade aeronáutica nas proximidades de todos aeroportos, e os aviões Piper Cherokee são uma parte dessas,” disse Tom Poberezny, Presidente da EAA e do AirVenture. “O projeto tem sido uma parte da história da aviação para todos que aprendem a voar, curtem a liberdade do voo ou usam a aeronave como parte de seus negócios. Adicional a isto, mais de 250.000 jovens voaram em aeronaves Cherokee como parte do programa Young Eagles da EAA. Com esse magnífico legado, nós gostaríamos de dar a todas aeronaves Cherokee e seus entusiastas um caloroso bem vindo a Oshkosh no próximo AirVenture.”

A histórica chegada em massa dos Cherokees na sexta-feira, dia 23 de julho, logo antes da abertura oficial do evento, está sendo organizada pelo grupo Cherokees2Osh e já atingiu o número máximo de 50 aeronaves para esse momento da chegada. Além disso todos proprietários e pilotos de aviões Cherokee serão bem vindos para chegar em Oshkosh independentemente, além de poderem participar de todas festividades. Mais informações sobre o grupo e das outras atividades estão disponíveis no site oficial do grupo organizador: www.cherokees2osh.com.

O Piper PA-28 Cherokee recebeu seu certificado do tipo da Federal Aviation Administration (FAA) em 1960 e foi entregue para o mercado em 1961. Mais de 30.000 aviões Cherokee e seus diretos descendentes, os aviões Piper Warrior e Arrow, foram construídos nos últimos 50 anos.

Embraer (Neiva) EMB-712 Tupi (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

No Brasil, o Piper Cherokee foi fabricado sob licença pela Embraer, posteriormente feitos pela fábrica Neiva, com o nome de EMB-712 Tupi (PA-28-181) e seus descendentes receberam o nome de EMB-711 Corisco (PA-28-200 e PA-28-201). Entre 1975 e o final de 1979, mais de 1.000 aeronaves da linha Piper foram montadas pela Embraer.

Mais informações sobre o evento de 50 anos do Piper Cherokee serão divulgados assim que forem finalizados pela organização da EAA.

Informações sobre o AirVenture: www.aiventure.org.

Fonte: EAA – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS