Aeronave MC-21-300 da fabricante Irkut Corporation.

Especialistas em testes de voo da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) completaram a segunda sessão de validação do programa da aeronave russa MC-21-300.

Durante os testes de certificação, os especialistas da EASA avaliaram o comportamento das aeronaves MC-21-300 em vários modos em altitudes de até 12.000 m. Os voos foram realizados com um peso leve e máximo de decolagem, nas condições de centralização frontal e traseira. A operação do sistema integrado de controle da aeronave no modo normal foi verificada. Os testadores classificaram o comportamento da aeronave em velocidades mínimas de manuseio de decolagem e pouso, inclusive com uma imitação de falha do motor.

Yuri Slyusar, presidente da UAC disse: “O MC-21-300 está passando por testes de voo para obter certificados de tipo russo e europeu. A conclusão da segunda sessão de voos de certificação pelos testadores da EASA é outro passo nessa direção. Em paralelo, na Irkutsk Aviation Plant, estamos expandindo a produção de aeronaves MC-21-300 destinadas à entrega inicial ao cliente”.

A primeira sessão dos voos de certificação dos especialistas da EASA ocorreu em janeiro de 2019. Em setembro de 2018, a equipe de testes da EASA concluiu um curso especial de treinamento teórico e prático, e obteve permissão para voar nas aeronaves MC-21-300.

Anúncios