O Cirrus Vision Jet recebeu a certificação do tipo pela EASA, a agência europeia de segurança de aviação. (Foto: Cirrus Aircraft)

Dois importantes marcos no lançamento global do primeiro jato pessoal de um único motor foram alcançados hoje quando a Cirrus Aircraft anunciou ter recebido a aprovação do certificado do tipo Vision Jet da Agência Européia de Segurança Aérea (EASA) e após entregar o primeiro avião na Europa. O Vision Jet, bem como a série SR mais vendida de aeronaves de pistão de alto desempenho da Cirrus, estão em exibição atualmente na European Business Aviation Convention & Exhibition (EBACE), em Genebra, na Suíça, de 22 a 25 de maio.

“Este é um dia emocionante para Cirrus Aircraft e para os nossos clientes em toda a Europa”, disse Pat Waddick, Presidente de Inovação e Operações. “A aprovação do Certificado do Tipo do Vision Jet pela EASA abre o caminho para um aumento na entrega de aviões na Europa e continua a impulsionar a Cirrus Aircraft em novos mercados em todo o mundo. Não há melhor maneira de comemorar esta conquista do que ter o primeiro Vision Jet entregue na Europa durante a exibição EBACE esta semana”.

A aprovação da EASA ocorre depois que a Cirrus Aircraft obteve o Certificado do Tipo do Vision Jet pela FAA (Federal Aviation Administration) em outubro de 2016 e seu Certificado de Produção no início deste mês. Com mais de 600 posições de produção reservadas, as entregas do primeiro jato pessoal de um só motor começaram em dezembro passado. Além da validação da EASA, o Vision Jet recentemente recebeu a aprovação da Autoridade de Segurança da Aviação Civil (CASA) na Austrália também.

Esta aprovação também chega na sequência da tão aguardada aprovação pela EASA em março para operações IFR comerciais de monomotor na Europa. A Cirrus junta-se aos membros da indústria da aviação geral elogiando a passagem das novas regras, observando que vai abrir a porta para novas oportunidades de crescimento em toda a Europa. As novas regras tornam os negócios e viagens pessoais mais eficientes, permitindo que os aviões monomotores a turbina voem tanto à noite como sob condições meteorológicas do instrumento (SET-IMC).

“A validação da EASA do Certificado de Tipo do Vision Jet é um testamento para o excepcional trabalho e cooperação entre as equipes EASA, FAA e Cirrus Aircraft”, continuou Waddick. “A experiência técnica de todas as partes envolvidas fez deste um exemplo excelente de como o acordo bilateral de validação entre os EUA e a União Europeia pode ter êxito. A única coisa mais satisfatória do que receber a aprovação do certificado de tipo da EASA será ver os nossos clientes desfrutarem dos benefícios desta categoria de definição de aeronaves enquanto eles viajam em toda a Europa”.

O Cirrus Vision Jet pode transportar cinco adultos e duas crianças em três filas de assentos. A fuselagem é feita de fibra de carbono. O avião tem um motor a jato Williams FJ33-5A com FADEC, que permite atingir uma velocidade de cruzeiro de 300 nós (555 km/h). O avião exposto na EBACE tem um painel com o SmartDeck da L-3 Avionics que foi usado durante a fase de desenvolvimento do SF50, mas vai ser substituído pelo sistema Garmin 3000 na versão de produção.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.