Um Boeing 707-300 usado pela Elbit Systems para testar um novo sistema de contramedidas para mísseis guiados. (Foto: Elbit Systems)
Um Boeing 707-300 usado pela Elbit Systems para testar um novo sistema de contramedidas para mísseis guiados. (Foto: Elbit Systems)

A Força Aérea de Israel utilizou um Boeing 707-300 para avaliar um sistema de defesa antimísseis destinado para implantação em aviões comerciais.

A aeronave, com a matrícula da força aérea 272, tem cerca de 40 anos de idade e era anteriormente operado por companhias aérea, inclusive a British Caledonian.

A empresa israelense Elbit Systems tem usado o jato quadrimotor para realizar uma série de voos de teste com o seu sistema de contramedidas infravermelho C-Music.

O equipamento, instalado na fuselagem traseira da aeronave, é projetada para proteger grandes jatos contra ataques de armas portáteis lançadas no ombro.

A Elbit não detalhou a aplicação do teste, citando a natureza sensível do programa, mas disse que o sistema foi “comprovadamente eficaz, com sucesso executando todas as funções necessárias”.

O C-Music compreeende uma instalação combinada de defesa com um sistema de alerta de míssil infravermelho e possui um laser de infravermelho montado numa torre que é direcionado para o míssil, concebido para interromper o sistema de guiagem dos mísseis.

A Elbit afirma que há “interesse” de operadoras de aeronaves comerciais e VIP, apontando que o sistema foi escolhido pelo governo israelense para a inteira frota de uma companhia aérea comercial do país.

Fonte: Flightglobal – Tradução: Cavok

Iniciamos o ano de 2013, e eu gostaria de desejar um maravilhoso ano para nossos leitores e amigos. Aproveito para solicitar mais uma vez a ajuda de todos com as contribuições para o site, que ajudam muito nas despesas de hospedagem. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral. Quem quiser também poderá doar através de depósito na conta corrente: Banco do Brasil – Agência: 0181-3 – C/C: 12.742-6 – Favorecido: Fernando Valduga. Desde já meu muito obrigado!




Enhanced by Zemanta
Anúncios

6 COMENTÁRIOS

    • Brasil aprendeu com Israel a Modernizar seus aviões, tanto que a maioria dos componentes são de lá…

  1. B-707 eterno… A Boeing precisa olhar para ele ao remendar o 787, pra lembrar de como se faz avião robusto e confiável… E pela wikipedia, ele é um B707-320C, melhor e mais potente versão… uhu…

Comments are closed.