O grande destaque do primeiro trimestre de 2017 da Embraer foi o primeiro voo do E195-E2.

A Embraer informou que durante o primeiro trimestre de 2017 entregou 18 jatos para o mercado de aviação comercial nos Estados Unidos, Europa e China. No mercado de aviação executiva, 15 aeronaves foram entregues no mesmo período, sendo 11 jatos leves e 4 jatos grandes. No dia 31 de março, a carteira de pedidos firmes da Embraer totalizou US$ 19,2 bilhões.

De acordo com a empresa, o principal destaque do trimestre foi o roll-out seguido pelo primeiro voo de outro membro da família E2, antes do prazo: o E195-E2, o maior avião da família – e o avião a jato mais eficiente de corredor único. O voo, originalmente programado para o segundo semestre deste ano, ocorreu no dia 29 de março, apenas três semanas após a cerimônia de apresentação da aeronave.

Também durante este trimestre, a Embraer anunciou que a Widerøe, a maior companhia aérea regional da Escandinávia, será a primeira companhia aérea do mundo a receber o novo E190-E2, o primeiro membro dos E-Jets E2. Como o operador de lançamento do modelo, a Widerøe receberá seu primeiro avião no primeiro semestre de 2018.

A Embraer também anunciou que a Azul Linhas Aéreas Brasileiras, maior operadora do E195s do mundo, será a operadora de lançamento do E195-E2. O contrato da Azul é de até 50 aeronaves, sendo 30 pedidos firmes e 20 direitos de compra.

Na unidade de negócios de jatos executivos, agora liderada por Michael Amalfitano, o destaque do trimestre foi a confirmação de outro recorde na indústria. Com 63 unidades entregues em 2016, o Phenom 300 foi, pelo quarto ano consecutivo, o jato executivo mais vendido do mundo, de acordo com um relatório da General Aviation Manufacturers Association (GAMA), dito pela Bombardier. O Phenom 300 acumula 266 entregas desde 2013 – 11% mais unidades do que o segundo jato mais entregue no mesmo período, com a Embraer Executive Jets entregando o 400° Phenom 300.

O primeiro Phenom 100EV foi entregue para um cliente nos EUA.

Durante esse período, a Embraer também entregou o primeiro Phenom 100EV a um cliente dos EUA não divulgado. Uma evolução do Phenom 100, que entrou em serviço em 2008, o Phenom 100EV oferece melhor desempenho com novos aviônicos e motores modificados.

SEM COMENTÁRIOS