Há 58 anos, no dia 12 de abril de 1961, a Humanidade rompia as amarras da gravidade e abria as portas do reino do voo espacial.

Às 06h 06min 59,7s UTC, a Vostok-1 com o cosmonauta Yuri Alexseyevich Gagarin era lançada na órbita da Terra a partir do Kosmodrom Baykonur, no Cazaquistão. A espaçonave era uma cápsula esférica Vostok 3KA-3 que alcançou a órbita baixa da Terra através de um foguete Vostok 8K72K de três estágios.

Após o corte do motor do primeiro estágio, o mesmo foi descartado á 1 minuto e 59 segundos após a decolagem. A carenagem, que protegia a Vostok, se separou em 2 minutos, 34 segundos, e a separação da segunda etapa ocorreu em 4 minutos e 59 segundos. A espaçonave Vostok se separou do terceiro estágio às 06h 18min 28 UTC, 11 minutos e 28 segundos após o lançamento.

A Vostok não era capaz de manobras orbitais.

A Vostok tinha um comprimento total de 5.040 metros e diâmetro de 2.500 metros. O módulo esférico de descida/tripulação tinha um diâmetro de 2.300 metros. A massa bruta foi de 4.730 kg.

O Vostok-K 8K72 era um míssil balístico intercontinental R-7A Semyorka modificado. O foguete R-7 foi projetado por Sergei Pavlovich Korolev, conhecido como o designer chefe do programa espacial soviético.

A versão 8K72 consistia em dois estágios principais com quatro reforços externos. O primeiro estágio e cada um dos propulsores RD-107 de quatro bicos queimavam querosene e oxigênio líquido. O empuxo total foi de aproximadamente 4.896,49 kg. A segunda etapa utilizou um motor RD-0105, produzindo 48.997 kg.

As duas primeiras etapas tinham 30,84 metros de altura e pesavam 277.000 kg.

Gagarin fez uma órbita ao redor da Terra, com um apogeu de 315 km e perigeu de 169 km. O período orbital foi de 89,34 minutos. A órbita estava inclinada 64,95° com referência ao eixo da Terra.

Enquanto ainda na órbita da Terra, o Tenente Gagarin foi promovido ao posto de Major.

Sua reentrada começou sobre a África, com o motor de descida disparando às 7h 25min 48.2s UTC. Quando a espaçonave estava a 7.000 metros, Gagarin ejetou-se da cápsula e terminou o percurso até o chão de paraquedas. A Vostok atingiu o chão às 7h 48min UTC, e Gagarin pousou a aproximadamente 1,5 km de distância, perto da vila de Smelovka, distrito de Ternovsky, Oblast de Saratov, às 7h 53min UTC.

Yuri Gagarin foi o primeiro humano a viajar no Espaço. A Fédération Aéronautique Internationale (FAI) creditou a ele três recordes mundiais: Duração, 1 hora e 48 minutos¹. Altitude em órbita elíptica, 327 km². Maior massa levantada até a altitude, 4.725 kg³.

Yuriy Alekseyevich Gagarin nasceu em Klushino, uma vila no Oblast de Smolensk, República Socialista Federativa Soviética Russa, no dia 9 de março de 1934. Ele era o terceiro de quatro filhos de Alexey Ivanovich Gagarin, um carpinteiro, e Anna Timofeyevna Gagarina. A família, trabalhadores de uma fazenda coletiva, foi forçada a sair de sua casa quando a vila foi ocupada por soldados alemães durante a invasão de 1941.

Em 1950, Gagarin tornou-se aprendiz de uma fundição de aço em Moscou. Uma escola para trabalhadores permitiu-lhe seguir uma educação. Depois de um ano, ele foi enviado para uma escola técnica em Saratov. Foi lá que Gagarin primeiro voou em um avião, um treinador Yakovlev Yak-18 no aeroclube local.

Depois de se formar em 1955, Gagarin se alistou como cadete na escola militar de vôo em Orenburg. Gagarin se formou em novembro de 1957 e engajou como tenente da Força Aérea Soviética.

No dia 27 de outubro de 1957, o Sargento Gagarin se casou com Valentina Ivanova Goryacheva, uma técnica médica da base aérea. Eles tiveram duas filhas.

O tenente Gagarin foi designado como piloto interceptador em Nikel, uma base aérea a cerca de 200 km ao norte de Murmansk, na península de Kola. Ele voava de Mikoyan-Gurevich MiG-15.

O tenente Gagarin foi um dos dezenove pilotos selecionados para o programa espacial em 1960. Isso foi reduzido ainda mais para seis candidatos a cosmonauta. Gagarin e Gherman Titov foram os dois candidatos finais para o primeiro lançamento espacial tripulado, com Gagarin sendo escolhido.

Yuri Gagarin morreu em um acidente de avião em 27 de março de 1968.


¹ FAI Record File Number 9326

² FAI Record File Number 9327

³ FAI Record File Number 9328


FONTE: This Day in Aviation


NOTA DO EDITOR: Dica. Têm no Netflix.

Anúncios

5 COMENTÁRIOS

  1. Uma das poucas coisas boas que o regime soviético produziu foi o avanço aeroespacial. E nisso foram muito bons. Gagarin inspirou muitos humanos, sejam do mundo socialista ou do capitalista, pois a ciência não tem fronteiras, e todos ganharam com esse feito do homem.

    • Pois é, só que a cortina de ferro deixou margens a especulação, do tipo, terá Gagarin sido o primeiro? Será o "astronauta perdido" verdade?

      • Gagarin nos levou a um mundo fantástico da imaginação, realmente, e a história a nós revelada pode esconder um lado sombrio, e quando se trata de obscurantismo, os soviéticos eram campeões.

      • O que teve de cosmonauta fantasmas, mortos "não oficiais", a vida sempre teve pouco valor naquelas bandas.

Comments are closed.