A NASA selecionou o foguete Falcon Heavy da SpaceX para lançar uma missão robótica em julho de 2022 para explorar Psyche, um asteroide rico em metais e localizado entre as órbitas de Marte e Júpiter.

A sonda Psyche será a primeira missão da NASA designada para voar no lançador pesado da SpaceX.

O Falcon Heavy é um foguete formado pela combinação de três foguetes Falcon 9. Além da sonda Psyche, duas sondas científicas menores também pegarão carona.

A SpaceX e a United Launch Alliance (ULA) foram pré-selecionadas para o lançamento da missão Psyche, com a NASA escolhendo o Falcon Heavy da SpaceX para o trabalho. O valor do contrato de lançamento foi avaliado em US$ 117 milhões, já com o lançamento e outros custos relacionados à missão. A proposta da ULA era para usar um foguete Atlas 5.

Mas o pessoal da ULA não tem porque desanimar. Em 2019 a NASA selecionou a empresa para lançar a sonda Lucy em outubro de 2021 a bordo de um foguete Atlas 5, num contrato de US$ 148 milhões.

Com mais este contrato, a SpaceX garante quatro missões para o foguete Falcon Heavy.

Cientistas e engenheiros estavam projetando a sonda para ser “independente” do veículo de lançamento que a NASA selecionou para a missão.

O Falcon Heavy é o lançador mais poderoso atualmente em operação. Possui 27 motores Merlin que geram 2,3 milhões de kg de empuxo na decolagem. A SpaceX lançou com sucesso três missões do foguete desde 2018 e um quarto voo está programado para o final de 2020.

Lucy e Psyche são a 13.ª e a 14.ª missões selecionadas no programa Discovery da NASA, que gerencia uma série de missões científicas planetárias com custo limitado. O custo das missões Lucy e Psyche é limitado a US$ 450 milhões para cada projeto, mas o veículo de lançamento não é contabilizado no custo máximo.

A missão Psyche será lançada em julho de 2022 e chegará a Marte em maio de 2023, onde usará a gravidade do planeta para chegar no cinturão de asteroides, usando uma técnica chamada estilingue espacial. A sonda está programada para chegar ao asteroide Psyche em janeiro de 2026, e depois orbitar o mundo metálico por 21 meses.

O asteroide é do tamanho de Alagoas (27.778 km² ) e tem uma forma irregular, concluindo uma rotação a cada 4,2 horas.

Observações de Psyche através de telescópios sugerem que o asteroide é composto principalmente de metal níquel-ferro, sugerindo que o corpo poderia ser o núcleo restante do bloco de construção de um planeta no início do sistema solar, há mais de 4 bilhões de anos.

Esses primeiros blocos de construção de planetas formaram um núcleo de metal e um exterior rochoso nos primeiros milhões de anos do sistema solar.


Com informações de Space.com

Anúncios