A NASA anunciou mais cinco empresas selecionadas que irão colocar cargas robóticas na superfície lunar. Agora são 14 companhias.

O enorme veículo Starship da SpaceX, que segundo a companhia colonizará Marte, poderia fazer seu primeiro pouso lunar em 2022.

A SpaceX é uma das cinco empresas recém-qualificadas para colocar cargas robóticas na superfície lunar por meio do programa da NASA CLPS (Commercial Lunar Payload Services). A SpaceX propõe fazer esse trabalho com a combinação Starship/Super Heavy, ambos naves espaciais reutilizáveis que a empresa está desenvolvendo principalmente para ajudar a humanidade a se tornar uma espécie além-Terra.

E para a SpaceX a Starship poderia começar a colocar cargas da NASA no vizinho mais próximo da Terra em breve, se tudo correr conforme o planejado.

Nosso objetivo é pousar a nave estelar na superfície lunar em 2022“, disse a presidente e diretora de operações da SpaceX, Gwynne Shotwell no ultimo dia 18 de novembro.

Não é garantido que a SpaceX voe em uma missão CLPS naquele ano ou em qualquer ano. A SpaceX agora está qualificada para concorrer nos serviços de entrega lunar da NASA, ou seja, ainda terá que superar as demais empresas qualificadas para o CLPS.

E cada missão que a Starship voará sob a bandeira CLPS quase certamente transportará equipamentos para uma variedade de clientes. A nave estelar é capaz de transportar 110 toneladas para a superfície cinza empoeirada da lua em cada viagem“, disse Shotwell, “e é difícil imaginar a NASA preenchendo esse manifesto por si mesma“.

A NASA vê o CLPS como um facilitador essencial do seu programa lunar Artemis que visa  o retorno tripulado dos EUA à lua em 2024, incluindo a primeira mulher, e estabelecer uma presença humana de longo prazo até 2028.

As naves espaciais comerciais vão pousar material e experimentos que abrirá caminho para os pioneiros astronautas criar uma presença humana permanente no satélite natural da Terra. E comprar uma carona em naves particulares, em vez de desenvolver e construir seus próprios veículos, economizará muito dinheiro à Agência, disseram autoridades da NASA.

A SpaceX também está animada com a parceria do CLPS. A nave estelar sempre foi projetada para transportar pessoas, mas esforços iniciais, como lançamentos de satélite de comunicação, voos CLPS e missões de carga na superfície marciana, provarão o conceito do veículo“, disse Shotwell.

O CLPS é uma excelente parte do que queremos fazer com a Starship“.

A SpaceX tem uma missão tripulada – um voo ao redor da lua reservado pelo bilionário japonês Yusaku Maezawa, que planeja levar um punhado de artistas com ele. Essa missão está prevista para 2023.

As outras quatro empresas selecionadas pela NASA para o CLPS são:

  • Ceres Robotics
  • Tyvak Nano-Satellite Systems Inc
  • Sierra Nevada Corp
  • Blue Origin

Com informações de NBC News

Anúncios

1 COMENTÁRIO