A centésima demonstração com o Super Tucano foi realizada na cidade de São Gabriel, no Rio Grande do Sul. (Foto: EDA)

Três de julho de 2015. Dia histórico para a Esquadrilha da Fumaça. Naquela manhã quente em Pirassununga (SP), as sete aeronaves A-29 Super Tucano, pintadas com as cores da Bandeira Nacional, despontaram no céu sobre a Academia da Força Aérea durante a demonstração de número 3.690 da história da Fumaça. Um misto de emoção e responsabilidade tomava conta dos pilotos naquele momento, pois estavam realizando a primeira apresentação com as aeronaves A-29 Super Tucano do Esquadrão, após dois anos de implantação operacional e logística do avião. Passados três anos, a Esquadrilha da Fumaça completou sua centésima demonstração, na cidade de São Gabriel (RS), provando a excelência das aeronaves A-29 Super Tucano para a execução de manobras e acrobacias. Um vídeo especial foi divulgado pelo EDA.

Atual Comandante da Esquadrilha da Fumaça e participante daquele momento histórico de 2015, na época, como piloto número 7, o Tenente-Coronel Marcelo Oliveira da Silva, comentou sobre a participação da aeronave na história do Esquadrão. “O A-29 Super Tucano já comprovou ser um excelente avião para a Força Aérea Brasileira, empregado na formação dos pilotos de caça e em outros três Esquadrões que possuem a missão de monitorar as nossas fronteiras e interceptar aeronaves ilícitas. O emprego desta aeronave pela Esquadrilha confirma a qualidade da nossa indústria aeronáutica por meio de militares e de máquinas que demonstram o profissionalismo da Força Aérea Brasileira”.

Com a equipe de mecânicos preparada para garantir a manutenção da frota e para sanar panes e qualquer tipo de problema que possa surgir no decorrer de treinos, apresentações e deslocamentos, o A-29 permitiu mais tecnologia aos pilotos, rapidez nas acrobacias e beleza aos olhos do público. De fabricação brasileira, o avião se desponta por todos os cantos pelos quais a equipe já passou, incluindo outros países que também já tiveram a oportunidade de assistir às demonstrações impecáveis da Esquadrilha.

Ao todo, doze estados de todas as regiões do país puderam acompanhar a trajetória da Fumaça até conquistar a marca de cem demonstrações com o Super Tucano. Além do Brasil, mais três países da América do Sul – Chile, Colômbia e Argentina – também já assistiram ao espetáculo da Fumaça com suas aeronaves brasileiras, firmando ainda mais a atribuição de representar a Força Aérea Brasileira em âmbitos nacional e internacional.


Fonte: EDA / Ten Cocate – Fotos: Ten Eduardo e Ten Cocate

SEM COMENTÁRIOS