A Esquadrilha da Fumaça realizou suas primeiras apresentações públicas com os A-29 durante a EAB Air Show em Maringá. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)
A Esquadrilha da Fumaça realizou suas primeiras apresentações públicas com os A-29 durante a EAB Air Show em Maringá. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)

Neste final de semana, ocorreu na EAB Air Show, em Maringá (PR), a primeira apresentação pública da Esquadrilha da Fumaça com as aeronaves A-29 Super Tucano. Mais de 6 mil pessoas estiveram no local durante os dois dias em que a Fumaça se apresentou na sua reestreia.

As aeronaves Super Tucano chegaram em Maringá na manhã do sábado, dia 11. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)
As aeronaves Super Tucano chegaram em Maringá na manhã do sábado, dia 11. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)

As sete aeronaves A-29 Super Tucano, com a bela pintura representando as cores da bandeira nacional chegaram em Maringá pela manhã. Os sete pilotos, acompanhados pelos Anjos da Guarda, realizaram com a competência de sempre uma bela apresentação no sábado, logo após às 15 hs. A primeira apresentação pública do EDA (Esquadrão de Demonstração Aérea) foi a de número 3691.

Com duração de 45 minutos, em com dezenas de acrobacias aéreas que tiraram o fôlego do público presente, o público mais uma vez voltou a ficar impressionado com as manobras arrojadas. Entre as mais comemoradas estavam alancevaque e chumboide, quando uma aeronave realiza uma série de giros na vertical e horizontal, respectivamente. Também foram realizadas outras acrobacias já conhecidas, como o “DNA”, a “panqueca” e o “dorsão”, quando as seis aeronaves voam de cabeça para baixo. Antes de pousar, a Esquadrilha voltou a desenhar nos céus do Brasil o coração.

Os pilotos e os anjos da guarda iniciam a apresentação ainda no solo. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)
Os pilotos e os anjos da guarda iniciam a apresentação ainda no solo. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)

i1571120502155303Ao término da primeira apresentação pública, os pilotos foram receber o carinho do público presente, tiraram fotos e responderam dúvidas.

“É uma satisfação muito grande poder voltar a ter contato com a população e levar a imagem da Força Aérea. Muito bom sentir esse carinho com a esquadrilha. É motivo de muita alegria pra nós”, declara o líder do EDA, Tenente-Coronel, Marcelo Gobett.

As apresentações encantaram o público.
As apresentações encantaram o público.

i15711204849141679No domingo, por volta das 15:30hs, a Esquadrilha subiu novamente ao céu de Maringá para sua segunda apresentação na EAB, a de número 3692 do esquadrão.

A chuva que caiu e o céu nublado não tiraram o brilho do espetáculo.
A chuva que caiu e o céu nublado não tiraram o brilho do espetáculo.

Mesmo com chuva minutos antes e tempo fechado, a Esquadrilha da Fumaça coloriu o céu paranaense, e empolgou as cerca de 3 mil pessoas que estavam no evento. Segundo a organização do evento, mais de 2,5 toneladas de alimentos não perecíveis foram arrecadados e serão doados à Rede Feminina de Combate ao Câncer, instituição social da cidade.

O Suboficial Bortholin, deixa o esquadrão após a demonstração em Maringá. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)
O Suboficial Bortholin, deixa o esquadrão após a demonstração em Maringá. (Foto: Sgt. Batista / Agência Força Aérea)

O dia também foi de despedida. O Suboficial Robson Bortholin, encarregado de manutenção, que ingressou no EDA na época do T-27 Tucano com pintura vermelha e branca, concluiu a última missão no esquadrão. “Foram momentos inesquecíveis e vejo que eu fiz a escolha certa para a minha vida. Deixando de ser integrante da Fumaça eu passo a ser um fã”, afirma o graduado.

Nova fase

Depois de dois anos de treinamento, a nova fase do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) marca uma preocupação ainda maior com o público que prestigia as demonstrações. Entre elas está a utilização de fumaça ecologicamente correta, baseada no conceito sustentável de não agredir o meio ambiente.

O Super Tucano é a quinta aeronave adotada pela Esquadrilha da Fumaça na realização das manobras aéreas. Fabricado pela Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), o A-29 já era empregado pela Força Aérea Brasileira (FAB) cumprindo missões de defesa aérea, treinamento avançado, ataque leve, escolta, patrulha aérea de combate e na formação de líderes da aviação de caça.

Os pilotos se prepararam muito para este momento.
Os pilotos se prepararam muito para este momento.

A primeira apresentação com os A-29 ocorreu no dia 3 de julho deste ano, na Academia da Força Aérea (AFA), durante a cerimônia de entrega do espadim aos cadetes.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. A cada reportagem sobre o EDA fico na ansiedade de saber quais a cidade que eles irão passar, se na minha ou alguma próxima.
    Vendo esta matéria pude ver que a apresentação da esquadrilha continua com a duração de 45 minutos, como antes, e não os 30 minutos da apresentação no dia da entrega do espadim.

Comments are closed.