O Estado Australiano de New South Wales adquiriu, em parceria com uma empresa privada, um Boeing 737 Fireliner.

A Coulson Aviation USA, membro do Coulson Group, e o Serviço de Combate a Incêndio Rural (RFS) de New South Wales (NSW), Austrália, chegaram a um acordo no qual a NSW comprará um Boeing 737 Fireliner e dois Citation V Lead/Intelligence Aircraft. As compras foram acompanhadas por um contrato operacional de dez anos, em que a Coulson fornecerá todos os voos e manutenções pessoais.

O B737 Fireliner é o primeiro grande avião-tanque já comprado por um país e sua capacidade multifuncional será destacada nesta nova operação exclusiva. “Quando começamos o programa B737 Fireliner, decidimos criar uma nova geração de aeronaves de combate a incêndio,” disse Britton Coulson, vice-presidente de aviação do Coulson Group. “O objetivo era utilizar a mais recente tecnologia SMART em nosso sistema de tanques e criar uma aeronave multi-uso de combate a incêndios que criaria o melhor valor para nossos clientes”.

Em 2018, o B737 Fireliner foi certificado pela FAA como um avião-tanque e transporte de passageiros. O Fireliner pode levar 15.150 litros de fluido com desempenho inigualável em distância, velocidade e altitude, mantendo a capacidade de transportar até 72 passageiros.

“Estamos honrados em ter nossos Boeing 737 Fireliner e Citation V escolhidos pela RFS para proteger o belo estado de New South Wales. Nossa frota de C-130 Hercules apoiou a RFS por vários anos junto com nosso primeiro B737 Fireliner durante o incêndio de 2018/2019. Estamos vendo o governo de NSW liderando o setor com novas soluções criativas para proteger a vida e a propriedade”, disse Wayne Coulson, presidente e diretor executivo do Coulson Group.

A Coulson tem operado sob contrato com o NAFC (Australian National Aerial Firefighting Centre) na Austrália desde 2000 e a temporada de incêndios de 2018/2019 marcou o primeiro ano em que a Coulson foi a maior operadora de Aeronaves Rotativas e de Asa Fixa do tipo 1.

O Comissário em exercício da NSW RFS, Rob Rogers, disse que a RFS avaliou vários aviões-tanques grandes e muito grandes nas recentes temporadas de incêndio e optou pelo B737 Fireliner como a opção preferida, operada pela canadense Coulson Aviation.

“Este tipo de aeronave nos oferece uma opção rápida, eficaz e flexível para combater incêndios durante todo o ano e apoiar os bombeiros em terra”, disse o comissário interino Rogers.

Foster Coulson, vice-presidente de vendas e marketing, acrescentou: “Com este contrato em funcionamento, a Coulson Aviation PTY estabelecerá uma operação durante todo o ano em NSW para apoiar seus contratos na base da RAAF em Richmond, onde o B737 Fireliner estará pré-posicionado para apoiar o RFS no próximo mês de julho.”

Anúncios