Primeiro helicóptero AH-64E Apache Guardian do Emirado do Catar.

Os Estados Unidos aprovaram o pedido do Governo do Catar para a compra de 24 helicópteros AH-64E Apache Guardian adicionais, peças sobressalentes e equipamentos relacionados de itens fabricados nos EUA avaliados em US$ 3 bilhões.

O contrato inclui 24 helicópteros de ataque Boeing AH-64E Apache Guardian; 52 motores T700-GE-701D (2 por aeronave, 4 sobressalentes); 26 Pods de Aquisição e Designação Modernizados (MTADS) do AN/ASQ-170 (1 por aeronave, 2 peças); 26 Sensores Modernizados de Visão Noturna para os pilotos AN/AAQ-11 (1 por aeronave, 2 sobressalentes); 8 radares de controle de armas AN/APG-78 com unidade eletrônica de radar (componente LONGBOW); e 2.500 mísseis Hellfire AGM-114R, de acordo com a Agência de Cooperação em Segurança da Defesa (DSCA) após uma declaração na quinta-feira.

Também estão incluídas 28 metralhadoras automáticas M230 30mm (1 por aeronave, 4 peças de reposição), conjuntos de detecção laser AN/AVR-2B, Conjuntos de Detecção de Sinal de Radar AN/APR-39, Óculos de Visão Noturna AN/AVS-6, Lançadores de mísseis Hellfire M299, foguetes Hydra de 2,75 polegadas, cartuchos de 30mm, flares de contramedidas M206 e 211, armas automáticas M230 e componentes associados, tubos de lançador de foguete de 2,75 polegadas, rádios com componentes associados, transponders, intensificadores de imagem, sistemas táticos de navegação aerotransportados, peças sobressalentes para reparo, equipamentos de apoio, equipamentos de treinamento e engenharia contratada, serviços de suporte de logística e outros elementos relacionados de logística e suporte a programas.

“Esta proposta de venda apoiará a política externa e a segurança nacional dos Estados Unidos, ajudando a melhorar a segurança de um país amigo que continua a ser uma força importante para o progresso político e econômico no Oriente Médio. O Catar é anfitrião das forças do Comando Central dos EUA e serve como um local crítico avançado na região. A aquisição desses helicópteros permitirá a integração com as forças dos EUA para exercícios de treinamento, o que contribui para a segurança e a interoperabilidade regionais”, de acordo com o DSCA.

Também notou que a proposta de venda dos helicópteros Apache AH-64E complementará a aquisição anterior da Força Aérea do Emirado do Catar de vinte e quatro AH-64Es, que são capazes de atender às exigências de apoio aéreo aproximado, reconhecimento armado e guerra antitanque.

Os contratantes principais serão a Boeing Company, de Mesa, Arizona; Lockheed Martin Corporation, de Orlando, Flórida; General Electric, de Cincinnati, Ohio; Lockheed Martin Mission Systems e Sensors, de Owego, Nova Iorque; Longbow Limited Liability Corporation, em Orlando, Flórida; Thales Corporation, de Paris, França; e a Raytheon Corporation.

Não existem contratos de compensação conhecidos propostos em conexão com essa venda potencial.

A Boeing entregou o primeiro AH-64A Apache ao Exército dos EUA em janeiro de 1984. Desde então, o Exército dos EUA e outras nações receberam mais de 2.200 helicópteros de ataque AH-64 Apache. Entre os clientes globais da Boeing para o Apache estão Egito, Grécia, Índia, Indonésia, Israel, Japão, Coréia, Kuwait, Holanda, Catar, Arábia Saudita, Cingapura, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.