A Força Aérea Alemã (Luftwaffe) adquiriu 99 mísseis AARGM AGM-88E para seus jatos Tornado.

O Departamento de Estado dos EUA aprovou uma possível venda de até 99 avançados mísseis guiados anti-radiação AGM-88E (AARGM) para a Alemanha através do programa de Vendas Militares Estrangeiras (FMS).

A Agência de Cooperação em Segurança da Defesa (DSCA) emitiu a certificação necessária notificando o Congresso sobre essa possível venda no dia 28 de junho.

O pacote de vendas inclui 91 avançados mísseis táticos guiado anti-radiação AGM-88E (AARGM) e até oito mísseis de treinamento cativos AGM-88E AARGM (CATM) por um custo estimado de US$ 122,86 milhões. Também estão incluídos até seis (6) sistemas de telemetria/voo de fase terminal, Registros de Dados de Voo (FDR), engenharia de governo e empreiteiro dos EUA, serviços de suporte técnico e logístico e equipamentos de suporte diversos e outros elementos relacionados de apoio logístico e de programa.

A Agência de Apoio e Aquisição da OTAN (NSPA) está agindo como agente da Alemanha para a aquisição.

O Míssil Anti-Radiação Avançado (AARGM) AGM-88E é um sistema de mísseis tácticos anti-radiação supersónicos lançados em voo com capacidade para realizar missões de Destruição da Defesa Aérea Inimiga (DEAD) e de Supressão da Defesa Aérea Inimiga (SEAD). Trata-se de um upgrade para o Míssil Anti-Radiação de Alta Velocidade (HARM) AGM-88B, que a Alemanha adquiriu pela primeira vez em 1988.

Os AGM-88E AARGMs neste caso serão fabricados usando uma mistura de novos componentes e seções mais antigas do estoque de AGM-88Bs existentes na Alemanha fornecidos como Government Furnished Equipment (GFE).

Aeronave Eletrônica de Combate e Reconhecimento (ECR) Tornado da Força Aérea Italiana armada com Míssil Guiado Avançado Anti-Radiação AGM-88E (AARGM). (Foto: Força Aérea Italiana)

A Alemanha solicitou que a NSPA atuasse como seu agente para a aquisição e gerenciamento em casos de FMS para apoiar o programa AARGM. O contratante principal dos EUA será a NGIS, de Ridgecrest, California. Os esforços de integração serão via Venda Direta Comercial (DCS), iniciada pela Luftwaffe, entre a Agência de Gerenciamento de Tornado (NETMA) e o Fabricante de Equipamento Original do AARGM, a Northrop Grumman Innovation Systems, anteriormente conhecido como Orbital ATK.

O míssil AARGM é um programa de aquisição de cooperativas internacionais da Marinha dos EUA e da Força Aérea Italiana com a Marinha dos EUA como agente executivo. O AARGM está atualmente implantado e suporta os requisitos operacionais para a Marinha dos EUA e o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA (USMC). O míssil é integrado aos sistemas de armas nos aviões F/A-18C/D Hornet, F/A-18E/F Super Hornet e EA-18G Growler.

No ano passado, a Força Aérea Italiana concluiu testes operacionais do AARGM em suas aeronaves Tornado ECR (Electronic Combat and Reconnaissance).

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Eis aí um tipo de arma que é super sensível. É de suma importância que o MAR-1 seja concluído.

    • Concordo, daquela piada que era a END, a unica coisa que prestava, que era sério era o estudo e produção dos mísseis.

Comments are closed.