Objetivo é o domínio norte-americano do Espaço.

O presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou nesta segunda-feira (18) ao Pentágono a criação de uma nova “Força Espacial”, que se tornará o sexto braço das Forças Armadas e asseguraria o “domínio americano” do Espaço. “Estou me dirigindo ao Departamento de Defesa e ao Pentágono para que comecem imediatamente o processo necessário para criar uma força espacial como a sexta divisão das Forças Armadas“, disse Trump.

Teremos a Força Aérea e teremos a Força Espacial separadas, mas iguais“, acrescentou sobre essa iniciativa, que ainda deve ser aprovada pelo Congresso. “Quando se trata de defender os Estados Unidos não basta a nossa presença no Espaço, tem que haver um domínio americano do Espaço“.

Sobre os detalhes e o papel específico desta força espacial, os mesmos não foram especificados por enquanto. Essas afirmações de Trump foram feitas no início do terceiro encontro do Conselho Nacional Espacial, um organismo consultivo a cargo do vice-presidente Mike Pence.

Trump também anunciou que assinaria uma ordem sobre o manejo do tráfego Espacial, que teria como objetivo supervisionar objetos em órbita, evitar colisões e o impacto com escombros presentes no espaço


FONTE: Correio do Povo

12 COMENTÁRIOS

    • Pois é.. Ele deveria era o seguir o exemplo do Ping-pong Xi Jinping!
      Invadir todo golfo do México, atlântico norte e quem sabe até a costa do Brasil. Direito internacional é bobagem.

  1. Acho importante isso, quando ha um nível alto de recursos destinados ao espaço, muitos satélites e etc, deixar a cargo de uma secretaria subordinada a força aérea é errado. Quem odiou é a USAF que vai perder uma baita grana, mas é o certo.

    O Trump heim, caramba, pode crer que numa certa emissora bost@ chamada globonews vão falar que o Trump quer tomar o espaço pra ele dentre outras boçalidades ahahaha

  2. O que está deixando todo o resto do Mundo a esquerda louco, é que o discurso de campanha America First da campanha eleitoral está sendo colocado realmente em prática. O que o Trump quer é retomar o protagonismo americano no cenário muldial, e isso bate de frente com a idéia de união global dos povos e de um governo mundial no modelo da ONU e sua agenda 2030. Se você fosse americano, gostaria de dividir seu modo de vida conquistado durante 242 anos de lutas, guerras e trabalho duro, com quem quer chegar de fora e já ir sentando na janela?
    Concordando ou não com o Trump, os EUA tem algo chamado política de estado, e o que eles estão fazendo agora vai refletir daqui a 40 ou 50 anos.

  3. O que está deixando todo o resto do Mundo a esquerda louco, é que o discurso de campanha America First da campanha eleitoral está sendo colocado realmente em prática. O que o Trump quer é retomar o protagonismo americano no cenário muldial, e isso bate de frente com a idéia de união global dos povos e de um governo mundial no modelo da ONU e sua agenda 2030. Se você fosse americano, gostaria de dividir seu modo de vida conquistado durante 242 anos de lutas, guerras e trabalho duro, com quem quer chegar de fora e já ir sentando na janela?

  4. Trump é um estrategista e sabe que depois que a NASA foi sucateada, o desenvolvimento da tecnologia espacial foi parar na mão de empresas privadas que podem fazer o governo americano de refém. Ao criar uma força espacial, ele terá condições de retomar o domínio das tecnologias estratégicas para a soberania dos EUA, pois a China vai acabar em algum momento desenvolvendo sua própria tecnologia espacial e se tornar uma ameaça real.

  5. A Rússia transformou sua Força Aérea em Força Aeroespacial, o Trump fez apenas o mesmo movimento, criou a Força Espacial. Simples assim.

    • Porém com mais gastos, mais burocracia do que a Força Aerospacial russa que nasceu unificada à Força Aérea.

      • Esqueceu o porém várias vezes maior e mais poderosa.

        Nem precisam criar um nova força para ter mais recursos que a Rússia no espaço.

  6. Gente menos, vamos esperar o melhor quem sabe desta ordem do Trump sai algo como uma nave da Star trek ou caças do Star Wars ou melhor uma estação espacial onde realmente poderemos usar como ponte para o espaço e não só ficar olhando pra terra e ter laboratórios com pesquisadores civis assim como nos laboratórios aqui do planeta. Sonhar não custa nada e já da ideias para o desenvolvimento do que é real.

  7. Não vamos nos esquecer que há trilhões de dólares americanos no espaço materializado em N satélites que permitem que os EUA tenham uma hegemonia tecnológica de décadas a frente da própria Europa (nem contei os Russos ou Chineses), a tecnologia espacial americana hoje permite observação em alta definição de tudo o que ocorre na Terra, além disso eles tem uma capacidade de interceptação de trafego de informação que nenhum outro país detém.. Eles veem, escutam e leem tudo o que se passa na terra e usam esta tecnologia a favor da política nacional deles. Mas….. (sempre tem um) tudo isso pode literalmente virar poeira espacial pois é uma tecnologia que pode ser neutralizada facilmente por nações como Rússia e China.

    O efeito em cadeia do lixo espacial criado a partir da destruição de vários satélites em órbita poderia criar uma massa de detritos que destruiria todos os satélites um a um.

    A questão da quantidade de lixo espacial já é considerada algo crítico pela própria Nasa e inclusive é um fator determinante na escolha do dia dos lançamentos.

    Outro ponto: foi observado que alguns satélites Russos tem capacidade de alterar sua posição e se aproximaram de satélites americanos, difícil dizer o porque os satélites Russos fizeram esse reposicionamento (que não foi simplesmente correção de orbita como eles fazem) e isso gerou preocupação dos americanos.

    Resumindo a Força Espacial pode além de ter a missão de manter a hegemonia espacial americana também criar meios de defender os ativos americanos no espaço! O que na minha opinião é mais do que sensato!

  8. Só um porém, a nave sendo abastecida na foto é um X-wing, na verdade deveria ser um Tie figther!

Comments are closed.