7TrwvhW 600x418 - EUA vão implantar caças F-35 no Japão em 2017
Três caças F-35B Lightning II do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. (Foto: U.S. Marine Corps)

O governo japonês informou na segunda-feira (22) a cidade de Iwakuni, na Prefeitura de Yamaguchi, que os Estados Unidos planejam implantar 16 caças F-35 na base militar dos EUA na cidade, num período entre janeiro e agosto do próximo ano.

Seria a primeira vez que os caças F-35 seriam deslocados em uma base fora dos EUA.

Altos funcionários da defesa do Japão e ministros estrangeiros visitaram Iwakuni, no oeste do Japão, e informaram o Prefeito Yoshihiko Fukuda, bem como O Governador de Yamaguchi, Tsugumasa Muraoka, sobre a planejada implantação. A previsão é de implantar 10 caças F-35 inicialmente em janeiro e mais seis até agosto.

Fukuda disse para Shunsuke Takei, vice-ministro de Relações Exteriores, e Hiroyuki Miyazawa, vice-ministro de defesa, que a sua cidade estava frustrada com a falta de informações prestadas pelo governo central e pediu detalhes para rapidamente conseguir informar a população.

F 35B at Eglin1 600x418 - EUA vão implantar caças F-35 no Japão em 2017
Os caças F-35B devem substituir os jatos de combate F/A-18 Hornets baseados em Iwakuni. (Foto: U.S. Air Force / Staff Sgt. Joely Santiago)

“A implantação dos F-35 é simplesmente uma atualização do tipo de aeronave e não está ligado ao realinhamento militar dos EUA”, disse Takei durante o encontro, que foi aberto para a imprensa.

A base de Iwakuni também deverá acomodar 59 caças embarcados transferidos da base da Marinha dos EUA de Atsugi, em Kanagawa, a sudoeste de Tóquio, no próximo ano, de acordo com o realinhamento das forças dos EUA no Japão, acordado entre Tóquio e Washington em 2006. o movimento é visto como um fortalecendo ainda maior nas funções da base.

Os Estados Unidos planejam substituir os caças F/A-18 e os jatos AV-8 Harrier da Estação Aérea dos Fuzileiros Navais de Iwakuni com o novo F-35B, uma variante do F-35 Joint Strike Fighter capaz de decolagens curtas e pousos verticais.

A implantação prevista do F-35, que está sendo desenvolvido por um consórcio internacional liderado pela gigante de defesa dos EUA Lockheed Martin, é parte do reequilíbrio estratégico dos EUA para a Ásia em meio a uma escalada militar chinesa.

“À medida que esta seria a primeira implantação no Japão, gostaríamos de fazer perguntas sobre a segurança e as operações da aeronave”, disse Fukuda jornalistas após a reunião.

Muraoka disse separadamente aos jornalistas que quer “respeitar os desejos dos moradores.”

Fonte: Kyodo News, via Nikkei

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom, creio que o F-35A também será implantado na Europa no ano que vem.

Comments are closed.