O caça Eurofighter Typhoon IPA 1 equipado com mísseis inativos Meteor da MBDA. (Foto: Eurofighter)

A Eurofighter completou uma série de ensaios de testes de voo com o míssil ar-ar MBDA Meteor BVRAAM (Beyond Visual Range Air-to-Air Missile), que faz parte do processo de integração dos mísseis para a aeronave de combate multi missão Typhoon.

O primeiro de uma série de ensaios para garantir a separação segura do míssil em todo o envelope de vôo foi realizado pela empresa parceira do grupo Eurofighter BAE Systems, com a aeronave IPA 1 (Instrumental Aircraft Production) na área de testes de Aberporth, Reino Unido.

A introdução do míssil Meteor irá garantir que o Typhoon continua como aviões de combate do mundo mais avançado swing role-bem para o futuro, mantendo à frente do desenvolvimento de ar-ar ameaças.

O Meteor é um míssil de próxima geração equipado com motore ramjet, com a maior “No Escape Zone” do que qualquer outro míssil ar-ar, resultando em uma arma de longo alcance e alta probabilidade de atingir o alvo, para garantir a superioridade aérea e a sobrevivência do piloto. Este míssil está sendo desenvolvido pela França, Alemanha, Itália, Espanha, Suécia e Reino Unido pelo grupo MBDA.

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. mais um combate da guerra entre os delta canard europeus:
    Typhoon, Rafale e Gripen.

    Vai vencer quem for mais rapido:
    Radar AESA;
    ominirole.
    melhor capacidade Stealth.

    • E os países europeus vão se afundando acorrentados aos seus Delta Canards de 4 geração….do outro lado EUA já desenvolveu dois caças de 5 geração e já falam na 6. A Rússia já fez voar o seu PAK e os Chineses o seu J-20, que ninguém ainda sabe se é verdadeiramente um caça de 5 geraçao.

  2. O consórcio Eurofighter (Typhoon) assim como a Saab (Gripen) vem com uma certa dianteira com a integração deste míssil, já algum tempo diversos ensaios e testes vem sendo realizados nestes dois aviões, diferente da Dassault (Rafale) que apesar da França ter anunciado a intenção de compra de 200 mísseis para 2018 nada se tem visto deste armamento no Rafale. Claro e sabido que o cronograma do Meteor é para estar operacional entre 2016 e 2017, mas convenhamos não se integra um armamento deste porte de uma hora para outra.

  3. ARMAMENTO

    Este é um aspecto muito importante de um avião de caça. E os Eurocanards recentemente tem empregados novos mísseis. O Typhoon vai usar no futuro o Meteor, com ASRAAM, e o Rafale vai usar Meteor com MICA como seu míssil.

    Os mísseis em uso por ambas as aeronaves são mísseis de alta qualidade, mas o que faz o Typhoon ter um pacote melhor é a sua compatibilidade com AIM9- Sidewinder e AIM120 AMRAAM.

    Embora MICA e Meteor seja mais do que capaz de combinar estes mísseis, mas Rafale fica em desvantagem.

Comments are closed.