web.services.large .16 - Eurofighters da Luftwaffe receberão radares AESA a partir de 2022
Eurofighter Typhoon.

A frota de Eurofighters da Força Aérea Alemã receberá os atualizados radares com Matriz de Varredura Eletrônica Ativa (AESA) Captor-E a partir de 2022, disse o chefe da Luftwaffe durante uma entrevista a um diário local.

“O radar Captor-E AESA aumentará significativamente as capacidades do Eurofighter em aplicações ar-ar e ar-solo. A conversão está prevista para começar em 2022”, disse o tenente-general Ingo Gerhartz, ao flugrevue.

captor e auf ipa5 1 - Eurofighters da Luftwaffe receberão radares AESA a partir de 2022
O investimento no programa E-Captor foi de 1 bilhão de Euros. (Foto: Hensoldt)

O radar doppler multimodo de última geração Captor-E foi desenvolvido pelo consórcio Euroradar, que inclui Leonardo (Grã-Bretanha, Itália), Indra (Espanha) e a fornecedora de soluções de sensores Hensoldt (Alemanha) em um projeto avaliado em € 1 bilhão.

Embora o radar tenha voado pela primeira vez no Eurofighter em 2007, até agora, nenhum desses países modernizou seus aviões com o Captor-E. Enquanto a Grã-Bretanha e a Itália agora operam F-35s (equipados com o radar AESA Northrop Grumman AN/APG-81), os jatos Tornado da Alemanha estão programados para serem eliminados em breve, criando uma necessidade de caças com recursos avançados.

Eurofighter e Tornado - Eurofighters da Luftwaffe receberão radares AESA a partir de 2022
A Luftwaffe deve aposentar em breve seus Tornados e os Eurofighters devem estar modernizados para atender os interesses alemães.

“Os Tornados estão em serviço desde 1982 e em breve aposentaremos os caças. É importante substituí-los por jatos modernos o mais rápido possível. Para isso, precisamos urgentemente tomar uma decisão”, afirmou Gerhartz.

Anúncios