Um Airbus H145M em uso pela Força Aérea Alemã.

As forças armadas alemãs precisam de dezenas de novos helicópteros leves para cobrir déficits em horas de voo para treinamento de pilotos e realizar outras missões, segundo um novo estudo concluído pelo exército alemão, segundo fontes familiarizadas com o documento.

O relatório, que não foi divulgado publicamente, concluiu que os vários serviços militares precisavam de cerca de 70 a 80 novos helicópteros leves, de acordo com as fontes, mas nenhuma decisão sobre um programa de aquisição foi tomada.

A ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, sugeriu possíveis novas encomendas de helicópteros leves durante uma visita a uma base aérea de helicópteros no mês passado, mas não deu detalhes.

O estudo pode levar a dezenas de novos pedidos para o helicóptero utilitário leve H145M, construído pela fabricante de aeronaves europeia Airbus, que já forneceu 15 dos helicópteros para as forças especiais alemãs, disseram as fontes.

Os helicópteros já entregues estavam com bom desempenho e foram entregues dentro do orçamento e no prazo, eles disseram, observando que os militares dos EUA operam mais de 400 de um modelo anterior.

Um porta-voz do ministério confirmou a conclusão do estudo interno e disse que seria usado para planejamento adicional, mas se recusou a fornecer qualquer detalhe.

“Este é um documento de planejamento interno que fornece uma boa base para futuras análises e discussões”, disse o porta-voz.

A Airbus não fez comentários sobre o relatório interno do exército.

Um porta-voz da empresa disse que o helicóptero militar H145M, derivado do modelo comercial Airbus H145 usado pela polícia e serviços médicos de emergência, também foi encomendado ou estava sendo operado pela Sérvia, Tailândia, Hungria e Luxemburgo.

“A prontidão da missão do H145M da Força Aérea Alemã está acima de 99%, a frota acumulou mais de 8.000 horas de voo desde a entrega da primeira aeronave em 2015”, disse o porta-voz da Airbus.

Hans-Peter Bartels, representante militar do parlamento alemão, chamou repetidamente a atenção para a necessidade urgente de mais helicópteros cobrirem os déficits em horas de voo para os pilotos das forças armadas alemãs, ou Bundeswehr.

“Onde quer que a Bundeswehr tenha helicópteros, há escassez de horas de voo”, disse ele.


Fonte: Reuters

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. Para mim este é o ideal para substituir no futuro todos os Esquilos mono e bi-turbina das 3 Forças. E vou além, com a criação de uma escola comum de asas rotativas para as 3 Forças, economizando recursos e padronizando procedimentos.

  2. isso é surpreendente! A premier Merkel deu verba para o bundeswher compra helicópteros da Airbus para supriu treinamento de novos pilotos depois de anos de sucateamento. Ela parece a Dilma 171 Roussef mesmo. Oooooh ainda vai comprar gás do maior inimigo da UE e dos gays.

Comments are closed.