A Lockheed Martin testou recentemente um protótipo da Rockwell Collins que poderia resolver o problema de “brilho verde” do capacete de mira montada (HMD) do F-35, disse Jeff Babione nesta semana, gerente geral do programa F-35.

Os pilotos de F-35 enfrentam atualmente um problema do qual o HMD cria um brilho verde excessivo que distrai e afeta a visão durante pousos noturnos em porta-aviões.

O capacete Gen III HMDS é uma joint venture entre a Rockwell Collins e Elbit Systems. A Rockwell Collins agora está usando LED orgânico (OLED) – semelhante à tecnologia usada em celulares e televisores, mas em uma configuração de micro-exibição, de acordo com a Lockheed Martin – para resolver o problema do brilho verde.

O novo capacete efetivamente elimina o fenômeno de brilho verde causado pela baixa relação de contraste da tecnologia de exibição atual“, diz um porta-voz da Lockheed Martin. “Estamos trabalhando em uma autorização de vôo para usar o protótipo durante os testes de operações navais neste outono para uma avaliação da redução da carga de trabalho do piloto enquanto pousa no porta-aviões durante a noite“.


FONTE: FlightGlobal

 

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. E vai custar quantos milhões de dólares para atualizar?
    Este é o modelo que entrou para diminuir o problema do peso e ja está apresentando problemas.
    .
    "“We’ll have our first Gen 3 light helmets now aligned with the seat in November of 2016, so we can remove the restriction for the lightweight pilots weighing under 136lb,” USAF.

Comments are closed.