111005-N-5698C-057O corpo de fuzileiros navais dos EUA retomou os voos do F-35B que foram suspensos após um incêndio com um F-35A da força aérea.

Peças do motor do F-35 que se incendiou foram encontradas na pista.

Quatro jatos F-35B chegaram no início da noite de sexta-feira (27) em uma base aérea no sul de Maryland, onde serão preparados para os primeiros voos transatlânticos. Os jatos vieram da base dos Fuzileiros Navais em Yuma, Arizona.

O envio dos jatos para a Grã-Bretanha foi posto em cheque após um incêndio na parte traseira de um F-35A quando se preparava para decolar. A Força Aérea suspendeu os voos de todos os seus F-35 enquanto investiga o fogo. Voos de alguns jatos da Marinha também foram suspensos, mas outros continuaram a voar, de acordo com oficiais da Marinha.

Fontes familiarizadas com a situação disseram que pedaços e fragmentos do motor foram encontrados na pista na Base Aérea de Eglin, na Flórida, após o incêndio.

f-35-showing-bulkhead

A Força Aérea ainda não divulgou quaisquer detalhes sobre a investigação. As fontes, que não foram autorizados a falar publicamente, disseram que a descoberta das peças do motor não apontam para uma causa específica do fogo, mas disseram que abriram caminho para o Corpo de Fuzileiros Navais e a Marinha retomar aos voos, uma vez que os jatos B e C tem um motor diferente.

Uma das fontes disse que a descoberta dos fragmentos do motor na pista após o incêndio poderia apontar para várias causas possíveis, incluindo um problema de qualidade de fabricação que afeta apenas o motor em questão, que tinha voado por cerca de 150 horas. Danos ao motor também poderia decorrer de detritos no motor, ou um problema de manutenção, disseram as fontes.

FONTE: Reuters – Tradução e edição: CAVOK

 

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Interessante: um bom teste de traslado para os Marines, com sucessivos REVOs, e uma boa demonstração pública de (anseada) confiabilidade, a ser apresentada como “corriqueira” aos olhos de um cliente importante, que tem participado e posto uma boa grana no desenvolvimento do Gabiru Transformer — cliente que deve achar “curiosos” os problemas da versão “A”: os royals fish and chips.

    Nunca mais se ouviu falar é dos italianos…

Comments are closed.