Dois caças Dassault Rafale da Força Aérea Francesa. (Foto: Armée de L'Air)

O governo brasileiro não revisará as ofertas para a compra bilionária de jatos de combate antes do início do próximo ano, disse à agência de notícias Reuters neste sábado (9) o ministro da Defesa, Nelson Jobim. “Vamos examinar isso no início do próximo ano. Neste momento, estamos focados apenas na agenda doméstica,” disse hoje o ministro através de uma declaração num fórum empresarial no sul da França.

O Brasil, que quer modernizar sua força aérea, está avaliando as ofertas da francesa Dassault Aviation, da norte-americana Boeing e da sueca Saab.

No início do ano, Jobim já havia negado que o processo de compra de 36 caças para a FAB (Força Aérea Brasileira) tenha sido reaberto – desmentindo informação que circulava à época, de que a concorrência foi ampliada para outros países além dos Estados Unidos, França e Suécia.

Para Jobim, a informação de que países como a Rússia entrariam na disputa pela compra bilionária não passa de “balbúrdia”.

A licitação para compra dos caças foi aberta durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, que chegou a manifestar preferência pelo modelo francês Rafale, já que, além da transferência de tecnologia (requisito considerado fundamental para a compra), a escolha da França também é avaliada como estratégica do ponto de vista político.

Os demais modelos que participam da disputa, o norte-americano F-18 e o sueco Gripen NG, têm problemas com transferência de tecnologia, embora os governos dos dois países avalizem esta possibilidade.

Em março, por sua vez, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se reuniu com a presidente Dilma Rousseff em Brasília, e fez campanha para o caça Boeing F-18.

O governo brasileiro abriu a licitação para a compra dos caças, na qual concorrem os Super Hornet FA-18 de Boeing, os Rafale, da francesa Dassault, e os Gripen NG, da sueca Saab. O Brasil poderia comprar mais de cem aviões.

Fonte: Reuters

Anúncios

45 COMENTÁRIOS

  1. Não li nada além do título da matéria, mais já sei o final…

    FX2… É o Brasil sentado na praça jogando milho aos pombos…

  2. Simplesmente falou bobagem, o FX-2 estava, ao término do governo Lula, no seu absoluto final. Portanto como toda proposta comercial financeira internacional, as BAFOs (Best And Final Offer) atuais tem uma data prevista de validade comercial. Que não foi divulgada mas COM CERTEZA existe.

    Aliás esta é uma informação que os nossos "competentes" reporteres da mídia nacional deveriam esclarecer ( ao invés de repetir incansavelmente as mesmas desculpas de sempre AD NAUSEAM), seja com o Ministério da Defesa ou com as empresas ainda no certame. Para se informar ALGO relevante. Se é que as BAFO já não expiraram FORMALMENTE!
    Com razoável certeza, no 1º semestre de 2012 mesmo que o Brasil não "revise as propostas" como alega o NJ (que aliás nem deve estar sentado lá no MD na época) o PREÇO nelas acordado não poderá ser EXIGIDO das empresas e terá que ser RENEGOCIADO… DINOVO…

  3. Lembrando que o último país , que ficou ´levando a compra dos RAFALE , em banho maria , e dando migué nos franceses , a LÍBIA , caiu na bala , ou melhor na bomba , abre o olho BRASIL .

  4. Vai ser engraçado na copa de 2014 os F-5s dando rasante e fazendo abertura oficial dos jogos. Seria mais engraçado ainda se um F-5 se desmanchasse no ar ou largasse várias peças, óleo, e fumaça preta em cima dos espectadores.

  5. Sinceramente,

    Isso é um escárnio total!

    Se eu sou piloto da FAB eu "Pedia pra sair! Porque não quero morrer aqui!"
    [Cap. Nascimento]

    Isso é um Escárnio com os pilotos e com os contribuintes!

    Jogos Militares numa hora dessas?

    Com tudo ainda por se definir?

    E a FAB vai correr?

    QUE PAÍS É ESSE?

    Tem piloto cantando essa de baixo:

    Desafio Cavok extra-oficial: Adivinhem quem é a menina perdida da música!
    Dica: Quem está cantando é piloto da…

    AINDA É CEDO

    "Uma menina me ensinou
    Quase tudo que eu sei
    Era quase escravidão
    Mas ela me tratava como um rei

    Ela fazia muitos planos
    Eu só queria estar ali
    Sempre ao lado dela
    Eu não tinha aonde ir

    Mas, egoísta que eu sou,
    Me esqueci de ajudar
    A ela como ela me ajudou
    E não quis me separar

    Ela também estava perdida
    E por isso se agarrava a mim também
    E eu me agarrava a ela
    Porque eu não tinha mais ninguém

    E eu dizia: – Ainda é cedo
    cedo, cedo, cedo, cedo. [pro Fx]

    Sei que ela terminou
    O que eu não comecei
    E o que ela descobriu
    Eu aprendi também, eu sei

    Ela falou: – Você tem medo.
    Aí eu disse: – Quem tem medo é você.
    Falamos o que não devia
    Nunca ser dito por ninguém

    Ela me disse: – Eu não sei mais o que eu
    sinto por você.
    Vamos dar um tempo, um dia a gente se vê.

    E eu dizia: – Ainda é cedo
    cedo, cedo, cedo, cedo." [pro Fx]

  6. Pra que CAÇAS ???

    Cada pais tem suas estratégias, não quer dizer que precise de caças como todo mundo.

    Veja bem, o Brasil tem boeiros stealts bomba, que se aproximas das vitimas sem ser notados por baixo e BUMMMM.

    Tambêm tem os caixas eletrofraguimentaveis assasinos.

    E por fim os bondinhos matadores de estrangeiros no RJ.

    Pensem bem, são todas armas "pioneiras", e o Brasil esta pagando o preço do pionerismo, assim como os EUA com seus pionerissimos F-22.

    Valorisem o que é nosso, pois nossas armas já matarão mais gente que o F-22 milhonários, e gastando só umas bananas, ou nem gastando nada como a conpania elétrica fez.

  7. O Brasil tem capacidade de construir seus prorpios Aviòes de Combate.

    veja este belo exemplo de Aviào neste linck

    http://www.youtube.com/watch?v=ecM1-ISNeHE&fe

    Algumas Mudanças nas entradas de Ar e com um Motor atualizado.olha só o sistema Avionico deste Caça.

    Os Rafales serào de grande valia a Marinha,pois o Porta Aviào ja é preparado para os Aviòes Franceses.

Comments are closed.