FAB conseguiu comprador para seus antigos Mirage 2000.

A Força Aérea Brasileira (FAB) deve receber em 2021 o primeiro dos seus 36 novos caças Gripen E/F, com o primeiro jato devendo voar em agosto na Suécia. E agora parece que a FAB conseguiu vender seus antigos caças Mirage 2000 que foram retirados de operação em 2013 já que surgiu um comprador interessado.

O lote composto por 9 exemplares monoplace F-2000C e 2 biplaces F-2000B foi colocado a venda em 2016, mas até então nenhum interessado havia surgido. O mais recente anúncio de venda ocorreu no final de 2018, com um valor do lote (sem condições de voo) em cerca de US$ 500 mil. As aeronaves estavam em operação no Brasil desde 2006, compradas da Força Aérea Francesa, e completaram mais de 10 mil horas de voo.

Os F-2000 da FAB foram retirados em 2013.

Dois F-2000s, o F-2000B “4932” e o F-2000C “4949” estão armazenados atualmente no Ala 1 em Brasília. Os outros nove F-2000, o F-2000B “4933” e os F-2000Cs, “4940” a “4947”, estão armazenados na Ala 2 na antiga Base Aérea Anápolis.

Os preços unitários são variados, indo de US$ 7.300 para o F-2000C “4944” até quase US$ 63 mil para o F-2000B “4933”.

A apresentação de propostas foi adiada várias vezes e a mais recente ocorreu no dia 9 de abril (conforme imagem acima). Nesta última tentativa surgiram duas ofertas de quase do mesmo valor, cerca de US$ 452 mil. O documento que detalha o preço e a condição de cada aeronave pode ser lido aqui.

Segundo o site Intelligence Online, “a Força Aérea Brasileira acaba de vender sua frota de jatos Mirage 2000 para uma empresa francesa que utilizará os jatos nos Emirados Árabes Unidos, buscando se posicionar no lucrativo mercado de esquadrões agressores com as Forças Armadas da região”.

A empresa compradora é a Procor (cujo nome aparece no documento acima), com sede perto de Paris, que teria comprado o lote. A Procor é uma empresa comercial no campo da aeronáutica militar e defesa.

Anúncios

15 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma para o mercado! Impressionante como esse ramo cresce. De cabeça, já lembro de 4 empresas: Draken, ATAC, Paramount, Tac Air… o mais interessante é que até a África tem este tipo de serviço e a Procor, como dito no texto, fornecerá ao Oriente Médio. Na América Latina, nada ainda!

  2. Que estranho, sem estão se condições de voo, como vão usar como agressores?

  3. Forma mais barata de garantir treinamento dissimilar e não colocar em risco parte substancial do inventário de primeira linha. Enquanto os F-5s estão se aposentando como agressores nos EUA, a simulação contra novos caças chineses e russos utilizará F-35s das primeiras fornadas como agressores da USAF. Em Brazundunga os atuais pilotos de F-5 e futuros Gripen só podem sonhar como seria um dissimilar doméstico contra máquinas comparáveis aos Su-30s, F-16s e MIG-29s de alguns vizinhos (os M2000 seriam máquinas interessantes neste papel, mas…no hay plata para nada!!!).

  4. Que estranho, se estão sem condições de voo, como vão usar como agressores?

    E servem para esta empresa, porque a FAB não atualizou eles então, ao invés de ficar com F-5 perna curta e mais velhos ainda?

    • Custo alto da grande revisão feito no exterior enquanto o F-5 é revisado no PAMA-SP e modernizado na Embraer.
      O PAMA-SP faz manutenção no M-2000, mas não a maior revisão que tem que ser feita na Dassault, pois não vale a pena adequar o PAMA-SP a fazer com tão poucos aviões comprados usados para se voar poucos anos.

  5. A Procor que comprou os M2000 é de origem francesa, mas tem hoje sede nos Emirados Arabes Unidos.
    “Brazilian Air Force has sold its squadron of Mirage 2000 fighter jets to a French broker based in the United Arab Emirates. The firm plans to get in on the lucrative aggressor squadrons market, a service sought after by armed forces in the region.”Inteligence on line.
    .
    Ela pode nem usar para si e estar intermediando o negócio para outra empresa. A Procor é uma Aircraft Broker que é:
    “An Aircraft Broker works with high net worth clients and their representatives mediating the buying and selling of aircraft or the chartering of an aircraft. … You have to be a self-starter with strong sales ability and be extremely committed to the role to be successful.”

  6. Pois é agora é saber o que vão fazer com esta grana, será que vai ser utilizado pra pagar as contas ou será utilizado em investimento como por exemplo em armamentos para os nossos gripens.

Comments are closed.