A companhia aérea Azul pretende adquirir mais 21 aeronaves E195-E2 da Embraer.

A Embraer e a Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciaram hoje, no Farnborough Air Show 2018, na Inglaterra, a assinatura de uma Carta de Intenções para um pedido de 21 jatos do modelo E195-E2. Este contrato tem um valor estimado de US$ 1,4 bilhão, a preço de lista. A encomenda será adicionada à carteira de pedidos da Embraer assim que o contrato firme estiver concluído.

Este é um pedido adicional aos 30 jatos E195-E2 encomendados pela companhia área em 2015, o que elevará o pedido firme total da Azul junto à Embraer para 51 aeronaves E2. A Azul é o operadora de lançamento do E195-E2 e receberá a primeira aeronave em 2019.

“A Azul é muito mais que um cliente, é um grande parceiro de negócios. A Embraer está junto com a Azul antes mesmo do nascimento da empresa, e por isso é tão importante para nós seguir colaborando para a construção do seu futuro”, disse John Slattery, Presidente e CEO, Embraer Aviação Comercial. “O E195-E2, avião mais avançado em sua categoria, vai permitir à Azul melhorar ainda mais seu desempenho operacional, além de permitir aos pilotos dos atuais E-Jets da empresa uma suave transição de treinamento.”

“Estamos muito felizes com o aumento de nossos pedidos de E2s. Nossa frota de aeronaves da Embraer sempre foi e sempre será fundamental para nossa malha e estratégia de frota. Estamos muito satisfeitos com o nosso atual processo de transformação de frota, principal vetor de expansão de margem nos próximos anos. Dado que 50% de nossos E1s serão devolvidos nos próximos cinco anos, esse novo pedido garante a substituição destas aeronaves por aeronaves de nova geração, mais eficientes na queima de combustível, contribuindo para a contínua redução de nossos custos unitários”, afirma John Rodgerson, CEO da Azul.

Anúncios