Embraer E175 nas cores da Mauritania Airlines. (Foto: Embraer)

A Embraer e a Mauritania Airlines anunciaram hoje, no Farnborough Airshow 2018, um pedido firme para dois jatos E175. O contrato tem um valor de US$ 93,8 milhões, com base nos atuais preços de lista, e será incluído no backlog da Embraer do terceiro trimestre de 2018.

“A Embraer tem muito orgulho de receber a Mauritania Airlines na crescente família de operadores de E-Jets”, disse Raul Villaron, Diretor de Vendas para Oriente Médio e África, Embraer Aviação Comercial. “Com a melhor eficiência operacional na sua categoria, o E175 é um sucesso ao redor do mundo e estamos muito felizes com a entrada da aeronave no mercado africano pelas mãos da Mauritania Airlines.”

A Mauritania Airlines receberá as aeronaves com 76 assentos em uma confortável configuração com duas classes de serviço. As entregas ocorrerão em 2019.

“A aquisição dos jatos E175 faz parte da modernização de nossa frota, substituindo aeronaves antigas por novos aviões de corredor único”, disse Mohamed Radhy Bennahi, CEO da Mauritania Airlines. “Estamos certos de que, com o E175, poderemos oferecer um serviço ainda melhor aos nossos clientes, com mais conforto, além de adicionar mais frequências e novos destinos.”

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 150 assentos. A companhia conta com 100 clientes em todo o mundo operando os jatos das famílias ERJ e EJets. Apenas para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos firmes e 1.400 entregas, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS