A Wataniya Airways, do Kuwait, quer adquirir 10 jatos E195-E2. (Imagem: Embraer)

Em um acordo que verá a primeira operadora de E2 do Oriente Médio, a Embraer anunciou hoje, no Farnborough Airshow 2018, que assinou um pedido firme com a companhia aérea Wataniya Airways, do Kuwait, para 10 jatos E195-E2. O pedido firme será incluído na carteira de encomendas da Embraer do terceiro trimestre de 2018. O contrato também inclui 10 direitos de compra para o mesmo modelo, elevando o pedido potencial total para 20 aeronaves.

O pedido tem um valor estimado de USD 1,3 bilhão, pelo atual preço de lista, com todos os direitos de compra sendo exercidos. As entregas começarão em 2020.

“É ótimo dar as boas-vindas à Wataniya Airways à família de operadores de E-Jets”, disse John Slattery, Presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “A Wataniya não será apenas a primeira operadora de E2 no Oriente Médio, mas também o cliente de lançamento mundial de nossa classe executiva de assentos escalonados, que estabelecerá um novo nível de conforto na classe executiva para jatos de corredor único.”

A companhia aérea receberá o E195-E2 em uma confortável configuração de 118 assentos, com 12 na classe executiva e 106 na classe econômica.

“O E195-E2 nos permitirá abrir mercados não atendidos e aumentar as frequências, oferecendo melhor conectividade ao mercado do Kuwait”, disse Rakan Al-Tuwaijri, CEO da Wataniya Airways. “Escolhemos os assentos escalonados para nos diferenciar da concorrência, oferecendo um produto superior com espaço extra para as pernas e melhor privacidade para nossos clientes.”

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.